26 de jul de 2017

[Resenha] Meu Maior Presente

Livro: Meu Maior Presente
Autora: Mila Wander
Editora: Essência
Páginas: 352
Gênero: Romance
Nota: 4.5/5
Lucas – “Não escolhemos o amor, é ele quem nos escolhe. Mas e se essa escolha estiver errada? ”
A história de um amor proibido, escrita pela mesma autora do sucesso O Safado do 105 Lucas foi abandonado num orfanato e só aos nove anos de idade ganhou o presente que mais desejava: uma família. Mel nasceu na família perfeita. Seu pai, sua mãe e seu irmão, dez anos mais velho, a amavam. Ela era o xodó dos Carvalho Lemos. O que ninguém esperava era que, na adolescência, Mel começasse a olhar de um jeito diferente para Lucas, seu irmão adotivo, seu protetor, seu motorista de baladas, seu confidente. Ele também a percebeu diferente, a desejou e seu amor fraterno se transformou em outra coisa. Lucas, porém, não podia deixar que esse novo e assustador sentimento arruinasse seu sonho de ser amado por uma família. Mas o que fazer com a vontade de seu coração e seus desejos? Mel, com certeza, sabia o que fazer. Mel – “Só me sinto viva com você. Só me encontro em você. ”

Sou uma pessoa que geralmente pega muitos livros no "escuro", ou seja não leio sinopse, porém Meu Maior Presente me chamou atenção justamente pela resumo. Mila Wander sempre foi uma das minhas autoras favoritas nacionais e quando vi esse lançamento, fiquei louca. Eis que tenho uma surpresa e quando inicio as primeiras páginas, percebo que já conheço a história. Se não me engano, ela já esteve presente no Wattpad ou foi iniciada na plataforma, por isso de uma forma ou de outra acabou que realizei uma releitura. Com direito a sentimentos mais conflitantes ainda, é uma história que amo e que infelizmente nem todos se identificam.

Meu Maior Presente conta a história de Lucas que aos 9 anos foi adotado pela Heloísa e Levi. Um dos seus maiores sonhos, e sempre pedido pelo Papai Noel na infância, é que tivesse uma família. Contente por ter um pai e uma mãe, um ano depois mais uma surpresa aparece: uma irmã à caminho. Mel é seu xodó, e sua melhor amiga, mesmo com a diferença de 10 anos de idade. Atualmente ele sendo um adulto, e ela uma adolescente, surge situações em que ele não irá reconhecer o que sente e junto vem o ciúmes, a fase da descoberta sexual e principalmente os garotos na vida da Mel.

Lucas se vê preso numa confusão de sentimentos pela sua irmã e vê seu sonho de família feliz desmoronar. Sempre preocupado com o que seus pais acham, sempre colocando o bem estar dos outros acima do seu, ele entrará em negação até que alguém, mais corajosa, que tem mais atitude entra na equação: Mel também tem sentimentos e irá corresponder. Será capaz deles superarem o preconceito e todos os obstáculos que terão à caminho? Lucas aceitará esse sentimento mesmo tendo várias coisas importantes a perder?



Como podem perceber é um enredo bem polêmico. E como sempre sou dessas, adoro ler. Não bastava termos a situação de lidar com irmãos de criação, contudo devemos somar a questão da diferença de idade também, que será um questionamento levantado durante a narrativa. Então pode esperar bastante drama, bastante dúvidas, incertezas rondando, porque o amor dos dois será colocado em xeque a todo momento.

E esse ponto crucial da história foi estupidamente bem trabalhado. A autora tem uma característica marcante que criar uma conexão entre os leitores e os personagens. Ela traz tanto deles para as páginas, que fica difícil você não saber os mínimos detalhes sobre os mesmos e torna-os tão presentes que você conhece essas pessoas como um todo. Então, quando começamos a ver essa trama toda iniciar, a começar desenrolar, junto conseguimos ver os temores e o quão abalados eles irão ficar com essas barreiras, que não são clichês ou coisas bobas, e sim reais e que podem dar problemas sérios no futuro.

"Desde que me vi apaixonado pela Mel, jamais ideias tão firmes haviam me alcançado. A certeza de que não havia saída para mim, além da dor, se eu ficasse sem a Mel, foi como um choque dentro do meu cérebro. Eu ainda não tinha entendido direito como era viver sabendo que a mulher que eu amo, além de não ser minha, pertencia a outra pessoa. A ficha finalmente tinha caído." pág. 225

Um desenvolvimento bem trabalhado, bem estudado, bem formulado, vai nos cativar de qualquer jeito mesmo que o assunto não agrade. Ao longo da narrativa o amor sobrepuja diversas dificuldades, que mesmo que seja um tema não acessível ou duvidoso para o leitor, ele fica embaçado e desfocado em torno da paixão que cresce e toma o primeiro plano. É o ponto mais positivo de Meu Maior Presente.

Ainda acho que não é uma leitura para o público em geral, pois só quem curte romance irá conseguir quebrar essa barreira de preconceito. Eu sou uma das rendidas pelo volume por causa do trabalho minucioso do tema, da polêmica, do amor que se constrói e principalmente pelos personagens. Temos uma inversão sutil de papéis, já que o Lucas é o mais sensível e o mais preocupado com a repercussão que seu amor pode dar, enquanto que a Mel é a confiante daquilo que sente.

Essa menina mesmo aos 18 anos dá um show e pisa em diversas protagonistas que tem personalidades submissas de uma maneira inexplicável. Claro que tem momentos em que a birra, a sua idade irá falar mais alto, contudo ela lida com esse amor e tormento de uma maneira tão madura que essa diferença de idade grande não é tão sentida em diversas cenas. 



É de uma sensibilidade enorme esse exemplar, que quem ler com certeza se sentirá apegado. Recomendo muito porque somos envolvidos, fascinados, arrebatados pelo casal e por todo o sofrimento passado. Não irei entregar se tem final feliz ou não porque acho que esse será o maior mistério. Todavia, falo que a leitura vale a pena do início ao fim. Leia sem preconceitos, sem receios e medos, porque é um livro para te conquistar. E te conquista tanto que você se pergunta como o errado pode ser tão certo?!

Sobre a capa: nem de longe é uma das minhas favoritas e prefiro a que foi lançada anteriormente na internet. Achei apelativa demais, só que entendo o motivo da mudança. É mercado, precisa chamar atenção, precisa ser vendido, então só não é uma preferência pessoal. Gostei bastante da diagramação, revisão e os detalhes presentes — temos duas alianças unidas nos capítulos. A narrativa é feita em primeira pessoa pelo ponto de vista do Lucas — já falei que adoro POV masculino!?

"A maior prova de amor que eu podia lhe oferecer era o fim da distância, da dor e da solidão. Sempre achei que seria impelido a seguir em frente, mas descobri que sempre tive escolha. No fundo, cada um faz o que quer. É questão de aceitação, e eu aceito nosso amor. Se as outras pessoas não aceitam, é problema delas, não meu. Só eu posso cuidar da minha felicidade. Só eu posso me julgar — e foi por me julgar tanto que fui infeliz e fiz a Mel infeliz." pág. 334

Bem fechada, completa e com tudo que tinha que ser mostrado evidente, é um dos romances que guardarei no coração. Já estou ansiosa para as próximas aventuras da Mila. E vocês, já leram ou conheciam Meu Maior Presente? Ou já leu algo da autora? Deixa nos comentários!

26 comentários :

  1. Pela foto vi que vc fez muitas marcações e isso deu aida mais vontade de conhecer esse romance um tanto polemico. Está na lista ha um tempo, espero comprar na Bienal :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiii Ana tudo bem?
    Esse realmente parece ser uma leitura bem fluída para quem gosta desse gênero, achei a capa meio assim, mas diante de tantas marcações fiquei surpresa.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei se no meu caso não ter me sentindo atraída pela história seja por algum preconceito, já li muitos romance e no momento tô procurando suspense, mistério e terror.
    Mas que bom que a leitura lhe foi muito satisfatória!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Se não me engano já vi uma resenha falando desse livro e é muito bom ver sua opinião sobre essa obra. Quero muito conferir e espero gostar do mesmo.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Infelizmente não me interesso muito por esse estilo de livro, mas fico feliz que tenha gostado! A resenha ficou ótima e as fotos ficaram lindas <3
    Beijosss!
    Páginas Empoeiradas

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas parece ser uma história muito boa, fiquei curiosa...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    To com esse livro na lista pra ler. Sei que aborda temas que me atraem para leitura. Gosto de ver como o autor lida e elucida as questões.
    Espero que seja uma leitura agradável.
    Beijos.

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    É bom ler um livro com uma temática mais diferente das que estamos acostumados. Eu não lembro de ter lido nada sobre irmãos de criação apaixonados, mas capaz de até gostar do tema. Eu acho que não conseguiria ler se fosse com irmãos de sangue, aí confesso que seria um preconceito bem mais difícil de superar.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Amo o trabalho da Mila então só por isso já leria o livro, mas o fato de ser bem trabalhado é um atrativo a mais! Não consigo nem imaginar o quão difícil é a situação dos personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá adorei a resenha não o conhecia,adoro romance e acredito ser uma ótima leitura, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho muita curiosidade em ler os livros da autora, li apenas um conto dela e gostei bastante. Esse livro parece mesmo ser muito bom e gostei de conferir a sua opinião sobre ele.

    ResponderExcluir
  12. Fiquei bem curiosa acerca desse livro. Acho que a história de dois irmãos de criação, ainda mais com uma diferença tão grande de idade, pode ser muito bem desenvolvida e quero saber como a autora trabalhou a história.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  13. eu também não leio sinopses, não gosto, pois às vezes, fala demais. Que pena que nem todos se identificam com a história do livro. Conheço a escrita da autora, mas não sou o público alvo. Mas que bom que você guarda o livro no coração, isso é o que importa.

    ResponderExcluir
  14. Caraca, que resenha legal! Me deixou curioso pra conhecer o livros, e me fez lembrar da infância. Natal tem tudo a ver com a infância da gente, né?

    Legal um livro que fale de adoção. E pelo visto, essa narrativa é envolvente pois, segundo o que pude perceber na tua resenha, tem bastante ação, né?! Doido pra ler o livro!

    Adoro as dicas do blog, sempre tão preciosas.
    Um abraço, Dieison, do RS.

    ResponderExcluir
  15. EU baixei este livro na Amazon, mas não o li ainda. Polêmica é pouco sobre o romance, mas eu particularmente, não vejo nada demais, afinal eles não são irmãos de sangue, e espero que consigam enfrentar o preconceito que com certeza a relação vai despertar.
    BJs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Obrigada pela resenha impecável e pelas fotos lindas!
    Que bom que gostou da leitura!!
    Um beijo bem grande!! ♡♡♡

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Apesar de não ser meu gênero favorito, é uma leitura que eu gostaria de fazer, para sair da zona de conforto é uma ótima pedida!

    ResponderExcluir
  18. Oi Carol, tudo bem? Eu já tinha visto um comentário no canal da Tais, mas nem de longe me lembrava do assunto do livro rs. Esse tema é bem polêmico e também gosto de temas polêmicos! Eu nunca li nada da autora mas o que tem é elogios para sua escrita. Com certeza vou ler o livro, me lembrou (em partes) a história de Proibido!

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?

    Nunca li nada da autora e conheço pouco de sua literatura, mas esse livro me chamou atenção, por tratar desse assunto tão distante do padrão (adoro!). Já li um livro que tinha a mesma storyline, e por isso mesmo fiquei interessada nessa. Sua resenha ficou ótima, me convenceu a ler :) A única coisa que me faz desgostar do livro é a capa (não sei por que a personagem precisa estar sem camisa, não concordo com capas sexualizadas, que tratam as personagens como objetos a ser vendidos).

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi tudo bem?
    Eu amo a escrita da Mila e já li esse livro e confesso assim como você eu amei, o tema é realmente bem polemico mas foi bem trabalhado durante todo o livro o que me fez também ficar apegada ao livro, amei os personagens principalmente o Lucas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Mila é uma autora que eu quero muito ler. Ainda não li um livro dela, mas tenho muita curiosidade. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  22. Muitas vezes não leio sinopse também, gosto da surpresa sabe?, mas vou te dizer, o livro não seria uma leitura q eu faria mas gosto da sua sinceridade ao falar de como a obra te tocou.

    ResponderExcluir
  23. Oi Carool, sua linda, tudo bem?
    Eu sei que tem polêmica, mas pelo menos são irmãos de criação, não tem o fato do sangue como impedimento. Mas é algo que não é aceito pela sociedade. Confesso que não sei se leria, pois tive uma experiência anterior com um livro da autora que não me agradou. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Nossa, que máximo. Você já conhecia a história. Quando eu li, nem sabia muito sobre a autora, mas o romance é tão bom que me deixou curiosa para mais obras dela. Também gostei do fato da personagem ser bem madura. Eu também não gostei da capa, mas fazer o quê, né? Hahahah

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. olá... confesso que não me sinto atraida pela escrita da autora... tentei ler outra coisa dela mas nao fluiu... tematica polêmica, mas acho que pra quem curte os livros dela, certamente vai agradar a história...
    bjs...

    ResponderExcluir
  26. Olá,

    Que ótimo que li sua resenha. Por ter essa capa horrível, eu sempre passava reto pelos comentários sobre esse livro, eu achava que era algo voltado totalmente para o erótico, e sei uma pausa com esse gênero. Adorei a premissa desse livro, gosto quando os autores trazem temáticas polêmicas e os desenvolve de maneira real e bem explorada. Quero muito ler esse livro.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir