13 de jul de 2017

[Resenha] Entrega

Livro: Entrega #3
Série: Trilogia Devoção
Autora: J.C. Reed
Editora: Única
Páginas: 286
Gênero: Romance
Nota: 3/5
"Existem amores indecifráveis, que não enxergam distâncias, desafiam o tempo, fazem com que qualquer obstáculo seja superado e dispensam justificativas ou explicações. Brooke Stewart pode dizer que já viveu uma verdadeira montanha-russa de sentimentos desde que conheceu Jett, o homem mais envolvente e arriscado de sua vida. Como agente imobiliária workaholic em Nova York, ela não havia conhecido o amor até cruzar com os olhos verdes que lhe tiraram o bom senso: alto, sexy e arrogante, Jett era tudo aquilo do qual ela havia jurado ficar longe. Jett Mayfield sabe que finalmente encontrou alguém capaz de envolvê-lo e desafiá-lo no momento em que coloca os olhos em Brooke, e não mede esforços para mantê-la em sua vida… E em sua cama. O futuro parece maravilhoso, mas quando o passado começa a persegui-los é preciso fazer escolhas difíceis. Salvar a quem se ama significa se despir de limites. No terceiro livro da série que conquistou o mundo, você perderá o sono até chegar à última página. O amor de Brooke e Jett passará por um novo teste: será ele forte o suficiente para superar essa prova definitiva?"

Tudo está lindo, fofo, arco-íris, unicórnios e muito amor pelos corredores da Mayfield Realties. O recomeço de Brooke e Jett não poderia ser melhor. Ansiosos com a notícia que serão papais em um futuro bem próximo, eles tentam manter o profissionalismo no ambiente de trabalho, enquanto o amor arde entre eles a cada encontro nas salas de reunião.

Eis que uma morte violenta desencadeia uma sucessão de coisas ruins na vida da mocinha. Qual não foi minha surpresa ao chegar na metade do livro e ver que ele se dividia. Brooke é perseguida por um presente e um passado terríveis, ambos tentando se vingar. Ela tem que sacrificar-se para manter os que ama em segurança. Achei bem mais do mesmo. Não me surpreendeu em nada as atitudes que a trama exigia que a protagonista tomasse. Entretanto, com o início da parte 2 de Entrega pude perceber que tudo era parte de um plano maior.

"— Você achou que eu havia me esquecido dos problemas que me causou? — seu tom era de advertência. — Pensou mesmo que ia escapar de mim?" pág. 147

Eu fiquei instigada pela leitura. Passei muita raiva com as cenas de sofrimento da Brooke. Jett está mais maduro e mais superprotetor em relação a Brooke, porém podemos sentir que a determinação e responsabilidade dele faz parte desse novo caráter que ele desenvolveu. Agora ele tem o que perder e tudo se torna mais assustador e intenso.

Sylvie foi uma personagem que perde destaque, na minha opinião. Não sei se é o verdadeiro eu dela aparecendo que me decepciona ou se a autora não soube o que fazer com ela. O relacionamento entre Kenny e Sylvie é superficialmente citado, mas o deslumbramento que ela demonstra, a ponto de preterir escolhas profissionais que ela sempre almejou, não me agradou. Eu, particularmente, odeio quando uma personagem regride emocionalmente. Acho que o amor deveria somar e fazer crescer, mas nesse momento da história a autora quis passar o contrário. 

"— Talvez eu tenha mudado. A vida faz isso com as pessoas. Venho estudando e trabalhando durante toda a minha vida. Talvez eu tenha me cansado. Talvez eu precise de algo novo." pág. 80

J. C. Reed escreveu um final surpreendente para as ameaças que Brooke sofria. Eu quase nunca sou surpreendida e dessa vez o vilão me pegou. Achei que o Epílogo podia ter sido diferente, mas tá bom né?

"Quando Jett me salvou, não salvou apenas minha vida, mas também minhas esperanças e nosso futuro. Ele me permitiu acreditar que nosso amor nunca desapareceria. Ele me deixou uma lembrança da qual não pretendo me esquecer. Agora, eu estava pronta para valorizar seu amor, para sempre." pág. 284

Treasure Your Love, traduzido como Entrega, vai atrair os leitores que gostam de ação, os que curtem um romance hot e os que gostam de um herói que não vê limites na hora de defender quem ama. Com muito mais em jogo que apenas a perda da propriedade em Bellagio, Brooke, Jett e seus amigos enfrentarão inimigos que não descansarão até vê-los derrotados. 

Ao chegar ao final da série senti falta de duas coisas: mais narrações do ponto de vista do Jett  — odeio mocinhas como a Brooke narrando — e mais apego pela vida do bebê. Jett declara que a vida dela é realmente mais importante que a do filho não nascido. Ele sofreria muito mais com a perda da mulher amada e Brooke parece compartilhar dessa opinião de vez em quando. Ela se põe em risco — às vezes forçadamente, mas mesmo assim — e esquece que não está sozinha. Achei alguns momentos de uma frieza... mas enfim, há quem goste e quem desgoste. 

E vocês, já leram a série? Querem começar? Comentem, comentem!

4 comentários :

  1. Oi, já li o primeiro volume dessa série, mas ainda não encaixei os próximos na minha lista rs Após a sua resenha, acho que me incomodaria os mesmos pontos que vc não curtiu tanto... acho que vou esperar mais um pouco. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espera sim. Eu fiquei muito tempo pra terminar. Mas até que a conclusão não foi tão ruim...
      Beijinhos :3

      Excluir
  2. Não conhecia a série até então, confesso. Mas achei superpertinente suas colocações. Eu provavelmente me incomodaria com as mesmas coisas.

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê e depois conta pra gente, Thati. Beijinhos :3

      Excluir