12 de jun de 2017

[Resenha] Sempre

Livro: Sempre #3
Série: Os Lobos de Mercy Falls
Autora: Maggie Stiefvater
Editora: Agir Now
Páginas: 370
Gênero: Romance/Sobrenatural
Nota: 5/5
Antes. Quando Sam e Grace se conheceram, ele era um lobo e ela, uma garota. Quando por fim ele descobriu como ser um garoto também, o amor dos dois se transformou de uma paixão distante na intensa intimidade de uma vida compartilhada. Agora. A história deles deveria terminar aí. Mas o destino de Grace não era permanecer humana. Agora ela é a loba. E os lobos de Mercy Falls estão todos prestes a serem assassinados em uma caçada definitiva. Sempre. Sam faria qualquer coisa por Grace. Mas será que um garoto e o amor dentro dele são capazes de mudar um mundo hostil e fatal? Passado, presente e futuro vão colidir em um momento decisivo — um momento de vida ou morte, de adeus ou para sempre.

*spoiler dos livros anteriores no 2° parágrafo. Se ainda não leu, recomendo avançar na resenha.*


Maggie e sua maneira de escrever sempre me encantando. Não tem como não se apaixonar por essa mulher, nem tem como não se apaixonar pelo seus personagens. A trilogia Calafrio conquistou meu coração e me deixou mais à parte da maneira que a autora escreve, que infelizmente pode não agradar à todos. Mas já falei que sou fã de carteirinha certo?!

No terceiro livro da série Grace é loba. Tendo como obstáculo sua transformação em períodos de frio, ela e Sam entram numa montanha russa no relacionamento. Tendo que sumir da cidade, desaparecer em situações que ocorrem a transformação, ela viverá altos e baixos durante a narrativa. Ainda mais com seus pais, que estarão mais presentes que nunca, questionando cada passo seu. E para piorar fatores externos podem colocar a vida do bando em risco. Com a iminência de um colapso emocional, Sam e Grace terão que ultrapassar vários percalços para o amor dois dois sobreviverem. E mais do que isso, salvar quem eles amam e o que são.



Depois de um final de deixar qualquer um em choque, Sempre tinha que ser iniciado com altas expectativas. Após o baque recebido das páginas finais de Espera, essa retomada em alta e dentro das características da Stiefvater — bem descritas, ambientando novamente o universo, trazendo novidades com reviravoltas acontecendo a todo instante, desenvolvimento contagiante — ocorreu. Essa volta inicial é bem lenta para aqueles que não se acostumaram ainda a escrita dela e ainda vejo muito reclamação disso, porém funciona de maneira a deixar o leitor curioso para o que vem. Depois de 7 livros lidos dela, era meio difícil me deixar desanimar pelo início.

Confesso que não esperava essa oscilação toda que o enredo trouxe. São muitas informações novas, muitas informações de narrativa de modo geral que funcionou no total porque a história precisava. Talvez se não fosse um exemplar de final de um universo essa entrada de informações fosse massante, todavia no final é entendido o tanto de explicações. Além do romance, tivemos muitos mais descobertas sobre esse mundo dos lobos, muito mais avanço sobre o que eles são porque novamente a trama pediu. Terminar uma trilogia que se ambientava em fantasia e romance sem saturar um lado, é muito difícil porque são dois gêneros que podem se sobrepujar. No geral, houve um equilíbrio porque esse terceiro volume trouxe mais abertamente a fantasia, mas pensando mais especificamente cada volume, o romance vence. Então não é uma boa escolha só para quem gosta de fantasia.

"Há vezes em que você se senta e deixa os outros brincarem sozinhos e há vezes em que você se levanta e controla a música. E a verdade é que nunca fiquei muito bem parado." pág. 119

E quando se pensa no casal, na vida dos nossos protagonistas o final pode frustrar algumas pessoas. Após inúmeras obras lidas da autora, eu entendo e aceito o que ela trouxe como desfecho da história, porém as opiniões contrárias também é de fácil compreensão. É questão de gosto o que você prefere como ponto final. Pelo todo, foi a melhor maneira que ela poderia ter feito e gosto do que foi deixado. Quando você absorve que as histórias abrangem as páginas de um livro, elas transcendem as folhas, você aceita e admira finais que talvez não sejam considerados finais. Só que quando pensamos naquele término "redondo", sem falhas, talvez isso fique um pouco a desejar, e nisso entra questão de gosto literário mesmo.

Os personagens: crescimento pessoal impecável. Praticamente todos, Sam, Grace, Isabel, Cole crescerem de uma maneira absurda que não tem como você não se apegar. Esse amadurecimento dos protagonistas foi tão fundamental para tudo que ocorreu que faz valer a pena todas as indagações internas que eles tem em toda trilogia. Meu destaque vai para o Cole que é um jovem fenomenal e que ainda tem muito a demonstrar. É um dos personagens secundários que ganha voz como protagonista a todo momento, e mesmo assim não transcende o lugar de ninguém. Mais uma vez me encanto com a capacidade da criação de um grupo onde todos tem seu destaque igualitário. 



Termino a série Os Lobos de Mercy Falls com a retomada da sensação de porquê gosto tanto desse tipo de escrita. Trazer elementos novos, em um gênero tão saturado no mercado é deslumbrante. E fazer isso em todos seus livros lançados? São para poucos! Mesmo caindo mais em sobrenatural ou em um pequeno clichê, explorar lados mágicos que até então ninguém fez torna essa série o diferencial que ela é. Por isso é tão aclamada lá fora e tem internacionalmente muito mais destaque.

Tem ainda um spin-off do Cole que irá contar o depois dele e da Isabel — muita pessoas pediram a história deles — que já tenho contudo não sei quando terei a oportunidade de ler. Já estou em ressaca por querer mais exemplares assim. Fãs de fantasia, sobrenatural e algo inovador não podem deixar de ler.

"Eu me senti instável como Beck, naquele momento. Era como se eu tivesse desdobrando todas as minhas garças de papel e tivesse encontrado algo desconhecido impresso em uma delas. Durante toda minha vida, eu havia pensado que minha história era assim: Era uma vez um menino, e ele teve que arriscar tudo para manter o que amava. Mas, na verdade, a história era: Era uma vez um menino e o medo que ele sentia o comia vivo." pág. 300

Na parte física a capa segue o padrão da série, o que eu não gosto muito entretanto caracteriza a proposta do volume, então é válida. Após a mudança de diagramação, acostumar foi mais fácil e na revisão não vi nenhum erro aparente. A narrativa é alternada entre os pontos de vistas da Grace, Sam, Isabel e Cole em primeira pessoa.

E vocês, já leram a série Os Lobos de Mercy Falls? Ficou interessada? Deixa nos comentários!

24 comentários :

  1. Olá,

    Eu sou suspeita para falar, pois amo essa série. É tão apaixonante essa história, que a primeira vez que li foi em inglês, agora lendo sua resenha, bateu a nostalgia e acho que vou reler novamente haha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bom? *-*
    Sempre venho ouvido falar super bem dessa série e vou te dizer não sei porque ainda não há li (acho que é porque tenho muitos livros encalhados aqui) mas sua resenha me deixou ainda mais curiosa, parabéns!
    Acho essas capas tão maravilhosas e amei as fotos que você tirou ♥

    Beijos
    www.leitorunicornio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série... mas ando evitando séries pq sou a louca que precisa ler todos os livros de uma vez e não consegue fazer mais nada na vida até terminar de ler! hahahahaha

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Olá! Adorei as suas fotos e gostei do que conta na trilogia. Adoro bons romances e creio que, mesmo não sendo o final esperado por todos, se você entendeu e aceitou o final, é porque realmente a trilogia foi boa. Também gosto bastante quando os personagens crescem no decorrer da trama e fiquei curiosa pela leitura.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Faz tempo que namoro esta série, até porque amo enredos com lobos. É ótimo saber que a trilogia finaliza de forma tão boa, e que os personagens vem em um amadurecimento, o que ajuda na narrativa. Também gostei de saber que a história é contada por diferentes personagens, adoro quando é assim.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Acho esses livros lindos, principalmente esse designer em que as letras são da mesma cor da capa ♥ Eu tenho dois em edição em inglês e é ainda mais lindo em capa dura ♥ Queria os outros também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Mas gente, não conhecia essa série, se visse a capa não ia imaginar a gama de informações e assuntos retratados que o autor trouxe. E apesar de ser um gênero que pouco leio, certamente daria oportunidade se tiver chance.
    Fico contente que a leitura tenha se mantido de qualidade até aqui.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Amo a escrita da Maggie, ela tem um estilo todo especial de escrever...
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  9. Eu conhecia apenas o primeiro volume mas achei bem legal saber que são 3 e ainda tem um spin off. Gostei de ver as suas impressões com a leitura e me parece ser o tipo de livro que me agradaria também.

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia a história mas achei fofa e delicada. Sam e Grace ganharam minha simpatia, amo lobos e a história parece muito interessante. Também curti bastante a sua resenha e o modo como apresentou a história para nós.

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Eu só estou esperando uma graninha aparecer para comprar essa série, porque adoro essas capas e todas as resenhas que leio sobre ela...só elogios são voltados para a escrita e estrutura do enredo e amadurecimento dos personagens...além de ser fantasia e sobrenatural.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. oi

    sabe que eu sou louca pra ler essa série? quer dizer, eu achava que era série, mas pelo que entendi esse é o terceiro e último certo? poxa agora mesmo que vou ler, sabendo que tem todos.

    Amei a sua resenha e como eu amo spoiler e esse é um livro que eu procuraria mesmo por eles, li toda ela....hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Heiii, tudo bem?
    Sempre achei as capas dessa série linda, as capas novas eu gosto mais.
    Confesso que ainda nao li nada da série Os Lobos de Mercy Falls, mas pela sua empolgação vejo que é uma serie que vale a pena.
    Adoro fantasias e aventuras e acho que essa série será perfeita pra mim.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Oie amores,

    Não conhecia o livro até o momento e nem a série, mas deu uma curiosidade em ler...
    Sem falar nessa capa que é uma lindeza hein!!! Já quero!


    Beijoka!

    ResponderExcluir
  15. oie, nunca li essa série e confesso que não gosto muito de fantasia, mas essa de lobos me deixou a fim de tentar. gostei de saber que você curtiu o final, e que o livro foi positivo, apesar dos altos e baixos, as vezes o autor tem que colocar algumas coisas que parecem cansativas para fechar tudo de forma adequada, não é.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Carool! Estou apaixonada por essas capas, adorei a sua resenha e fiquei bastante curiosa em conferir essa trilogia. Amo o gênero fantasia e esse livro parece conter uma história bem interessante e muito envolvente. Obrigada pela dica,bjss!

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Eu confesso que não conhecia essa trilogia, e inicialmente não me encantei pela leitura pelo fato de ser algo tão comum, mas confesso que fiquei curiosa com a sua empolgação e com o fato de você ter dito que a autora trabalha um assunto saturado de forma inovadora. Amei a resenha e já anotei a sua dica
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu não conhecia a série e nem a autora e você já leu 7 livros dela!
    Gosto bastante da fantasia sobrenatural, mas acabei evitando um pouco depois de toda a febre que teve sobre esse enredo. Sua resenha conseguiu me envolver, apesar de pegar sua resenha final, vou procurar saber mais sobre a história é me decidir pela leitura.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  19. oie!
    adoro a série, a autora. Sempre historias com lobos me interessam :)
    Gostei bem mais dessa capa do que da edição anterior.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá! Costumo ter dificuldade com séries sobrenaturais, por isso, pesquiso muito antes de me arriscar. Já li muitos elogios à autora e saber que é uma série muito boa e já concluída me anima mais. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  21. A capa desse livro é linda, né?!?!
    Eu não li a série, mas sua resenha ficou tão convidativa, que fiquei com vontade de fazer isso agora, correr ali na livraria e comprar o livro.

    ResponderExcluir
  22. Oieee
    A capa é maravilhosa, e amei seu modo de resenhar
    Porem o assunto do livro não é o que busco agora, mas a dica esta anotada com certeza
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi! Não conhecia essa trilogia. Eu gosto muito dos seres lobos. Eles, assim como os vampiros, tem um encanto muito particular no gênero fantástico. Pela sua resenha essa trilogia tem muita qualidade. Vou anotar a dica para uma futura leitura.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Li apenas uma base da sua resenha, porque eu pretendo ler essa série logo, logo e acho essas capas lindíssimas, totalmente boa trabalhada e a editora arrasou na edição! O gênero é um dos meus vários e pelo visto a trilogia é muito boa, hein? Adorei demais e espero gostar tanto quanto você <3

    Beijos!

    ResponderExcluir