6 de jun de 2017

[Resenha] Armas da Sedução

Livro: Armas da Sedução #3
Série: Homens Marcados
Autora: Jay Crownover
Editora: V&R Editoras
Páginas: 286
Gênero: Jovem Adulto
Nota: 5/5
Rome Archer é um herói de guerra, mas acabou de deixar o exército e está completamente perdido. O mais velho e musculoso dos irmãos Archer tornou-se um animal selvagem e precisa de alguém que o pegue de jeito. A desbocada gerente do estúdio de tatuagem Homens Marcados, Cora Lewis, sempre soube manter os rapazes na linha. Mas por trás de toda sua atitude e jeito descolado, ela sonha em encontrar o amor perfeito.  As tatuagens cheias de cores espalhadas pelo corpo dela contrastam com as cicatrizes na pele dele. Há uma grande tensão entre os dois. E quando mundos tão opostos se juntarem será como uma explosão de fogos de artifício: intensa e colorida.

Com um casal para lá de inusitado — e fofos junto, confesso — Armas da Sedução também ganhou meu coração. Aliás, tem algum da série Homens Marcados que não ganhe meu coração?! Jay Crownover já está experta em fazer histórias encantadoras.

Cora está a espera do seu príncipe encantado: não pode ser bad boy, não pode dar trabalho, alguém que a faça se sentir nas nuvens, que não tem uma carga emocional por trás, ou seja, uma pessoa perfeita. Desiludida por um noivado interrompido no passado, ela só quer encontrar sua alma gêmea da maneira mais fácil. 

Rome Archer após voltar do exército se encontra sem rumo de vida. E para piorar, após sua equipe ser atacada na Guerra ele possui mais traumas do que pode contar. Tentando lidar com esses pesadelos mais a sua família que está toda dividida e a sua falta de ambição para o futuro, relacionamento não é uma coisa que ele procura por agora. Porém, como o destino é que manda, depois de uma noite de bebedeira onde quem lhe busca é a Cora, a manhã seguinte acaba tomando enormes proporções.



Quando pensei que a autora não poderia me fazer ficar em choque com algum enredo novo, Armas da Sedução veio pegar o título. Uma única situação que poderia fazer acontecer uma reviravolta gigante é colocada, fazendo tudo tomar proporções maiores. Era um cônjuge improvável e não compatível no início, que aos poucos se consegue notar pequenas semelhanças que no final irão somar. Os dois são tão "destruídos" com relação a vida que você pensa que seus problemas superarão esse relacionamento. E vou falar que em boa parte isso irá acontecer, contudo quando as engrenagens enfim começam a funcionar e andar nos trilhos temos no romance uma das melhores duplas criada.

Trabalhar o desenvolvimento amplamente mesmo tendo como plot twist algo bem bombástico perpetuando na narrativa — e esse plot tem um limite que se ultrapassasse ficaria uma narrativa forçada no sentido da aproximação do casal — foi uma sacada da autora porque isso te prendia a querer saber como tudo iria terminar. Temos um drama bem maior do que os anteriores, o que é positivo, afinal vemos que cada par formado consegue ter sua "personalidade" própria.

"Aquilo tinha uma história, era o mapa de uma vida dura, vivida perigosamente, desenhado na pele daquele homem, para todo mundo ver e julgar. Fazia do Rome um sujeito ainda mais difícil de entender. E, para ser bem sincera, eu estava exausta de tentar. A última coisa que pensei antes de desistir de esperar ele se mexer foi que o Jimmy nunca ficou tão perto de mim, como se não quisesse que eu fosse embora, em todos os anos que dormi com ele." pág. 82

E falando neles confesso que esperava uma personalidade completamente diferente da que eu encontrei aqui no Rome, de falando modo positivo. Por já conhecermos ele à 2 volumes anteriores, não teríamos nada de novo nem passado sombrio que pudéssemos ver desabrochar. E essa vinda dela da guerra, que o mudou completamente, trouxe novas perspectivas sobre ele. Foi gratificante ver.

Cora para mim é uma das melhores protagonistas femininas. Altiva, voz ativa, se faz presente, sabia que a trama da vida dela seria um estouro. E não deu outra. Faíscas soltas, sentimentos à flor da pele, ela é tudo e mais um pouco. Tem uma cena, em que uma certa pessoas que magoo-a demais volta e ela pisa de salto agulha. É esplêndido ver mulheres com atitudes assim.



Nota 5 com certeza e já tenho altas expectativas para o próximo. Já introduzindo a nova personagem que irá aparecer na vida do Nash, ou reaparecer no caso, lá vem  mais um alto drama. Tivemos duas grandes revelações nas páginas finais desse nosso tatuador que são de deixar o queixo caído e que pode dar vários rumos diferentes para o final feliz dele. Vamos ver o quanto poderemos nos surpreender.

Na parte física, ainda as capas típicas de Jovem Adulto de casal todavia achei o tom laranja completamente acertado para o conteúdo. Quem ler irá conseguir pegar nas entrelinhas o que significa porque a partir de uma passagem fica bem claro o porquê. — depois vem aqui comentar \o/


"Vida e morte, antes e depois, passado e presente. Era tão difícil me encontrar no meio disso tudo. Parecia que eu ia cair de um precipício, sem ter como voltar atrás. E a queda, inevitável, ia acabar comigo." pág. 68

Romances, principalmente curtinhos como esse, fica difícil fazer uma resenha extensiva porque acaba tendo que soltar spoilers, um ponto que não gosto. E além de tattoos e piercings, essas obras tem muito a contar. Prefiro deixar toda a surpresa para vocês! Que venha Chamas do Passado.

E vocês, já leram a série? Sentiram curiosidade de conhecer? Deixa nos comentários

23 comentários :

  1. Oiii Ana tudo bem?
    Fiquei extremamente feliz de ler a sua resenha, faz tempo que não leio um romance e sei que seria uma ótima pedida, lindas fotos querida, muito sucesso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá adorei sua resenha escrita simples de fácil entendimento, fiquei curiosa com a história adoro livros do gênero, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oie! Tudo bem?
    Vi essa série no site da V&R e estava muito curiosa, sua resenha só fez com que isso aumentasse mais e elas passaram para frente na wishlist *--*
    Ótima resenha e as fotos estão lindas ♥ Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oiee, tudo bom?
    A premissa me cativou de primeira, eu amo romances! haha e saber que tem um plot twist nivel hard, adoreeeeei, eu amo quando as histórias tem reviravoltas que ninguem ta esperando. Só espero que a reviravolta deste livro ai seja boa kkkk e que o casal fique junto. Eles parecem combinar.
    otima resenha!Beijos,
    Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não tinha ouvido falar ainda nem da autora, nem do livro, mas não gostei da história dele, sua resenha ficou muito bem estruturada, porém, a história do livro não me agradou em nada, então, passo a dica =/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu amo essa série da Jay. Rome é um dos mocinhos preferidos dessa série, seu jeito protetor sem dúvidas ganhou seu lugarzinho especial no meu coração.
    Adorei suas considerações! Uma ótima pedida para os amantes de romance.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  7. Young Adult não é muito o meus estilo de livro mas pareceu-me uma boa história para quem gosta.
    Gostei muito da tua resenha.

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol!
    Confesso que não conheço a série, nem a autora. Achei bem interessante por se tratar de tattoos e piercings uma vez que esses "objetos" sempre estão aliados a aventuras, ação e pouco com romances. Fiquei curiosa com essa história. Já para a listinha de desejados.
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana, não li a série ainda, mas tenho interesse. É ótimo saber que a autora conseguiu te surpreender mesmo no terceiro livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Temos aqui uma artilharia! Um protagonista selvagem e com traumas da guerra, e uma protagonista desbocada e sem papas na língua. União de duas pessoas inflamadas! Vai dar bomba! kkkk
    Anotado a dica
    abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  11. Oie, eu infelizmente não curto muito séries longas, por isso essa nunca me chamou atenção, mas achei interessante a premissa desse livro, abordando drama e até mesmo traumas de guerra. tomara que as próximas obras te agradem também.

    ResponderExcluir
  12. Romance? Quero. O problema é que romance em série é extremamente cansativo né? Acho que um livro só é suficiente para contar uma história de amor.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que vontade de ler este livro depois dessa resenha! Parece bem diferente de todos os romances que já li, e é sempre bom fugir da mesmice, dica já anotada e livro na fila de desejados. Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi.

    Acho que eu não conheço esse livro, ou conheço os anteriores, mas não me lembro. Parece ser bem legal e fiquei interessada nele. Vou anotar o nome para ler depois.

    ResponderExcluir
  15. Eu achei sua resenha grande, e boa, apresentou a obra e não disse muito. Esse é u livro juvenil com um casal ardente e cheio de coisas do passado, o clichê de sempre, mas acho que deve ser maravilhoso para quem curte o estilo.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu realmente não gosto de romances :( Não é a minha vibe de leitura, mas achei bacana a sua indicação e lindas as fotos! (Mesmo, estão muito boas)

    ;*

    ResponderExcluir
  17. plots bombásticos de cair o queixo e bem desenvolvidos sempre me encantam numa leitura... mas confesso que pelo gênero e o próprio enredo nao me fazem ter vontade de conhecer a fundo a história...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  18. Oiii
    Eu não conhecia essa série! Que bom que você gostou da leitura, parece realmente ser uma ótima leitura! Não gostei muito da capa só!
    Bjus

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Já até falei aqui no blog em uma outra resenha, que morro de curiosidade em conhecer essa série. Ouvi inúmeras coisas boas sobre esses livros e estou interessada na premissa dessa obra. É difícil vermos homens com traumas por conta do exército sendo retratado em livros, e acho isso muito fascinante (sempre quis fazer psicologia haha). Que bom que o livro alcançou suas expectativas, como não estou tendo muito tempo para ler, ficarei (por enquanto) só acompanhado suas resenhas.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem? Gostei muito da sua resenha e os pontos que trouxe. Confesso que este não é muito o estilo de leitura que eu gosto, mas você me deixou bem curiosa. Vá que eu de uma chance para o primeiro volume, não é mesmo?! Espero gostar.

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oie
    eu li o primeiro da série e apesar de não ter gostado muito dos personagens, super leria os outros volumes por contarem histórias de diferentes casais, adorei sua resenha e boa a dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Sabe, não sou muito fã de séries assim, com livros com romances... Prefiro quando são livros únicos, vai entender... Rs... Mesmo sendo um casal por livro, as personagens pelo jeito aparecem nos outros volumes, né, então não conseguiria ler se não fosse tudo na ordem, e como a fila tá enorme prefiro não iniciar uma série que não me atraiu tanto. Mas que bom que gostou, curti esse ter mais drama que os anteriores, não tem como a guerra não mudar alguém.

    ResponderExcluir
  23. Olá, Carol.
    Eu não conhecia os livros dessa autora, mas confesso que sua resenha me deixou com uma enorme vontade de lê-lo.
    É muito bom quando o livro nos pega de surpresa, né?! Fico feliz que tenha gostado da leitura!

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)