23 de mai de 2017

[Resenha] Um Milhão de Mundos Com Você

Livro: Um Milhão de Mundos Com Você #3
Série: Trilogia Firebird
Autora: Claudia Gray
Editora: HarperCollins
Páginas: 320
Gênero: Ficção Científica/Romance
Nota: 4.5/5
*exemplar cedido pela editora*
O destino do Multiverso está nas mãos de Marguerite Caine. Ela está no âmago de uma disputa multidimensional desde que viajou pela primeira vez com o Firebird, a invenção revolucionária dos seus pais. Paul Markov sempre esteve ao lado de Marguerite em suas viagens dimensionais, mas o último golpe da perversa Triad deixou sequelas. Cabe a Marguerite enfrentar a Triad e evitar a destruição dos Multiversos, sozinha. Bilhões de vidas estão em perigo. Os riscos nunca foram tão altos. Nesta épica conclusão da trilogia Firebird, todas as certezas serão questionadas: destino, família, amor e o Multiverso será transformado para sempre.

* Contém spoilers dos livros antecessores. A partir do 3° parágrafo é minha opinião de forma generalizada da trilogia. *

Após conseguir reunir os fragmentos do Paul e a possível cura para o Theo, Marguerite Caine quer tentar pôr um ponto final no plano da Tríade: acabar com as várias dimensões e tentar reunir todos os fragmentos da Josie. Com a ajuda de seus pais, das suas outras versões e de todas as pessoas possíveis em outras dimensões, Marguerite irá lutar contra uma versão sua do mal que está fazendo o plano do Conley funcionar. Será que uma vida vale mais que bilhões de outras? Ela será capaz de deter seu próprio eu e salvar as dimensões? 

Além disso, paralelamente Paul já não é mais o mesmo. Após ser fragmentado, Paul possui no seu interior característica de cada hospedeiro que ficou com uma parte sua, estando mais instável, frágil e completamente impulsivo. Não se reconhecendo mais, ele colocará em jogo seu amor pela Marguerite e talvez os dois não tenham seu final feliz mesmo que em várias dimensões aconteça e a sua teoria de destino esteja certa.



Confesso que meus sentimentos pelo livro são conflitantes. Ao mesmo tempo que adorei e achei digno o final que a autora nos trouxe, tenho aquele sentimento que poderia ser mil vezes melhor. Não é que não seja ótimo, mas tinha tudo para ser espetacular. Os plot twist deixados pelo seu antecessor eram de matar. Já aqui não tivemos tantas reviravoltas. Talvez seja explicado pelo reflexo da Claudia Gray querer fechar a história, da construção de um final decente, porém senti falta de cenas impactantes.

Com certeza o ponto alto são os personagens "encontrando-se" no quesito personalidade. Após as inúmeras viagens entre dimensões, vemos a Marguerite se questionando muito de como ela é, como pode existir tantas vertentes dela, em como pode existir sentimentos obscuros e que os caminhos tomados podem mudar drasticamente seu ser. Comecei a trilogia não suportando-a muito, e a chegada do final do ciclo ela mudou me conquistando de tal maneira que é minha personagem favorita. Temos um crescimento, um amadurecimento incrível.

"Às vezes a memória do horror é pior que o próprio horror. Você só experimenta o trauma uma vez, mas a memória pode durar para sempre. A memória nunca te deixa." pág. 81

Outra questão que adorei foi a parte científica em evidência. As descobertas, os novos "multiversos" que conhecemos com tecnologia avançada, com os Firebird's de funcionalidades diferentes foi espetacular. Fora o ponto chave para tentar reter o plano de destruir vários locais ter fundamentos científicos curiosos. Como já falei esse universo sempre me assustou muito por causa das terminologias e aqui foi tão fácil conectar o que eu lia com o imaginativo, que me assustei com a facilidade em captar a mensagem passada. Novamente repito que a autora tem uma cadência e fluidez de escrita como poucos que com certeza fez a diferença.

Os últimos capítulos são bem angustiantes. Com uma reviravolta atrás da outra, você fica com o fôlego preso. O final deu uma guinada tão grande que você demora a captar tudo que aconteceu e quando capta fica de queixo caído. Essa resolução para os acontecimentos foi uma quebra cabeça nato. Várias peças foram deixadas na série como um todo e fez sentido com tudo que vinha sendo defendido e mostrado durante a narrativa.



E é nesse ponto que talvez entre a minha opinião pessoal de achar que a autora tinha muito mais a explorar. Achei ele meio rápido e as últimas soluções apareceram magicamente demais. Não é um ponto negativo porque tem pessoas que adoram e se dão bem, contudo eu prefiro uma forma mais lenta de resolução. O desenvolvimento tem lógica, espaçamento de tempo bom e tudo ocorre de maneira agradável. Só que esse espaço de tempo no final achei meio encurtado. Como é meu primeiro contato com o gênero talvez seja algo corriqueiro nas narrativas e eu não saiba. 

O romance tem seus momentos de destaques e fez tudo ficar cada vez melhor. Aqui o drama estará mais em alta em pontos específicos — até para dar a abertura maior das respostas dos problemas. E com isso, o triângulo amoroso — que deixa de existir por uma preferência já exposta antes — se resolve positivamente para todo mundo. Gostei da escolha feita e do que foi selecionado para cada um porque essa parte romântica foi um adicional num universo esplêndido. Tivemos um equilíbrio quase perfeito em praticamente toda a narrativa.

" — Mesmo que você visitasse um milhão de mundos, não conseguiria. Não dá para saber tudo sobre outra pessoa, nem mesmo a pessoa que você ama. Não é possível, e nem você ia querer. — Para minha surpresa, ele sorri, um sorriso acolhedor e adorável como o que eu vi em Chinatown. — É preciso amar o mistério. Arriscar" pág. 159

Somando prós e contras é uma trilogia que gostei bastante em que o segundo volume ganhou mais meu coração. Mesmo assim tivemos um ótimo desfecho para um enredo espetacular. Com certeza irei sentir falta de conhecer novas dimensões, de ver novos nomes sendo criados e tudo mais. Primeira experiência com ficção científica que adorei.

Na parte física a capa segue o padrão das outras duas até mesmo na tonalidade. Não superou também o Dez Mil Céus Sobre Você, todavia ela tem suas qualidades. A diagramação é o padrão da trilogia e a revisão contém alguns erros ortográficos e de digitação mas que podemos relevar. Um adendo é a falta de clareza em algumas traduções de termos que foram modificadas diversas vezes na trama. Não me incomodou como já tinha dito em resenhas anteriores no entanto tem leitores que não gostam.



Foi uma experiência única ler Firebird e recomendo muito para qualquer um que é fã de ficção científica e romance. É um conjunto que te prende, te puxa, faz você ler de modo fluido e rápido que te conquista. Com certeza entra para os meus queridinhos da literatura.

E vocês, já leram ou pretendem ler? Leu algum volume? Deixa nos comentários.

21 comentários :

  1. Eu quero muito ler esses livros e as suas resenhas me deixaram ainda mais curiosa. Eu estou com tanta vontade de ler que até li a parte do spoiler e fiquei ainda mais louca de vontade para ler. Acho essas capas maravilhosas e tenho certeza que os livros vão me agradar.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Eu tenho uma amiga que é apaixonada por essa trilogia e por isso acabei comprando o primeiro livro mas ainda não consegui o ler. As capas são belíssimas e o enredo parece muito instigante, principalmente pela parte científica que o compõe e que pra mim é um grande atrativo, além de ser um diferencial.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. oiii
    quero muito ler essa trilogia so me falta tempo kkk acho as capas lindas de mais foi o que me chamou mais atenção sem duvida são lindas , a historia e bem interessante e to muito curiosa pra conhecer.

    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Oi Carool.
    Já li o primeiro livro e adorei!
    Agora estou com o segundo na estante, mas ainda não consegui encaixá-lo na minha lista de leituras. Já comecei a procurar esse terceiro livro, porque assim já pego os dois juntos!!
    Sua resenha me deixou mais animada para ler!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oiii Ana tudo bem?
    Eu realmente não consigo me sentir atraída por esse tipo de livro, fico feliz que tenha colocado sobre spoiler e assim a gente vÊ se irá gostar, o que me atrai mesmo é essa capa que achei fantástica pelas cores <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Nem tudo é perfeito, né? Uma pena que você tem algumas ressalvas. Finais que se resolvem rápido realmente não me agradam também, ainda mais de um livro que tinha expectativas. Mas fico feliz que o livro ainda tenho seus pontos positivos. Pretendo ler a série ainda.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  7. OI!!

    Comecei a ler sua resenha a partir do terceiro parágrafo para não ler spoiler. Fico triste por autora não ter te surpreendido e ter resolvido tudo muito rápido, e confesso não me senti cativada pelos pontos e caracteristicas ressaltados por você. ENfim, talvez eu goste da trilogia e mais ainda da segunda obra como você, mas no momento vou apenas anotar, pra quem sabe no futuro. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Okay é o terceiro comentário que eu faço, vamos ver se consigo postar...
    Basicamente, sua resenha é muito bem feita, mas a obra em si não me despertou interesse de leitura.
    Curti bastante as capas pelas cores nelas, mas acho q contradiz com o enredo do livro.
    Neste momento, estou passando a dica.
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Já li a resenha desse livro algumas vezes, confesso que tenho interesse em ler a trilogia de Claudia Gray, parece ser legal. As capas são maravilhosas, parece que as edições estão bem feitas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá...estou super curiosa pra conferir a narrativa da autora. adorei sua resenha, a obra parece ser ótima <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Não comecei a série ainda, e a bem da verdade, nem sei quando farei isso. Que bom que mesmo não sendo aquele final espetacular, ele ainda foi muito bom. Gosto das capas da série, acho-as muito bonitas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Como não li os livros da série, pulei para o terceiro parágrafo onde dá sua impressões. Já vi esses livros nos sites de compras por preços irresistíveis (embora eu tenha resistido. haha) Bom saber que ele começa lento mas que o ultimo livro fica melhor compensando os demais. Fiquei curiosa, na próxima oferta certamente não irei resistir. :)
    Abraço
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  13. Gosto bastante de ficção científica, mas nada de romance. Portanto, acho que os livros não são pra mim. Mas eles parecem muito bons mesmo pra quem gosta dessa mistura de romance e sci-fi.

    ;*

    ResponderExcluir
  14. Oiee
    Como eu quero ler esses livros, li sua resenha como vc indicou, após o terceiro parágrafo.
    Bom que foi uma leitura proveitosa mesmo não sendo espetacular.
    As capas são lindas.
    Espero não demorar pra conhecer.
    Bjo

    ResponderExcluir
  15. Oi! Menina, estou mega ansiosa para ler essa trilogia e fico muito feliz que tenha sido uma leitura bem satisfatória para você.
    Acho muito interessante essa coisa todo de universos paralelos, então não vejo a hora de começar a ler :)

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Adoreeei a resenha, essa trilogia ta a minha lista de leitura a um bom tempo, mas ainda não tive tempo pra ler, me deu mais vontade ainda agora!

    Beijos,
    Camila (Um livro, por favor?)

    ResponderExcluir
  17. Olá, adorei saber que esse último livro conseguiu fechar bem o enredo e que a personagens principal evoluiu bastante *-* Tenho os dois primeiros livros e depois da sua resenha fiquei mais empolgada para pega-los para ler *-*

    ResponderExcluir
  18. oi tudo bem
    eu li o primeiro livro desta trilogia e confesso que não foi tudo que esperava achei um pouco parado de mais e muito enrolação
    mais ja tenho segundo na minha estante e to afim de ler em breve .
    mais quero compra o ultimo livro da trilogia porque acho estas capas lindas e porque odeio ficar com trilogias\series incompletas em casa .
    assim que eu ler eu volto aqui e falo o que eu achei.

    ResponderExcluir
  19. Oie
    não sou muito fã de série mas tenho ouvido falar bem dessa, provavelmente não lerei por agora mas foi ótimo saber um pouco mais sobre para estar por dentro, não é mesmo? haha parabéns pela resenha

    beijso
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Essa trilogia está na minha lista de desejados. Fico feliz em saber que o desfecho tenha sido ótimo e quero entender porque você acha que poderia ser melhor.
    A premissa é bem interessante e fiquei curiosa para saber mais sobre os questionamentos levantados por Marguerite em relação às suas vertentes. As capas são maravilhosas e fazem meus olhos brilharem!!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  21. Não li sua resenha por completo porque estou pretendendo começar "mil pedaços de você" essa semana ainda. Quem sabe hoje. Comprei o livro toda animada e ele já está aqui na estante tem meses.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)