11 de mai de 2017

[Resenha] Mil Pedaços de Você

Livro: Mil Pedaços de Você #1
Série: Trilogia Firebird
Autora: Claudia Gray
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas:  288
Gênero: Ficção Científica/Romance
Nota: 4/5
*exemplar cedido pela editora*
Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas.  Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois? Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?

Mil Pedaços de Você foi uma das minha primeiras leituras de ficção científica. Mesmo tendo sempre medo de pegar algo assim e não entender, e diferente dos considerados clássicos, a suavização da história com o romance, a tensão, os mistérios à parte fez o desenvolvimento ser lido de maneira rápida. É a primeira vez que uma "revelação" esperada acontece e gosto. Porque a autora não fez somente o óbvio. Inovou, arriscou e para mim deu certo. 

Marguerite Caine é filha de dois cientistas que querem concretizar que o universo tem várias dimensões criando um aparelho que as pessoas possam transitar entre eles. Dimensões onde as mesmas pessoas existem, mas que por alguma decisão diferente ou atitude diferente acabam tendo realidades distintas. Tentando fazer com que o Firebird — nome dado ao protótipo que pode realizar essa façanha — funcione, nos seus últimos arranjos funcionais o pai de Marguerite é morto. Henry Caine morreu em um acidente de carro, porém foram descobertas evidências que dizem que foi assassinato: alguém sabotou os freios do automóvel fazendo com que Henry morresse e as pistas apontam para um único culpado: Paul Markov, considerado um filho adotivo da família e cientista que ajudou na criação do Firebird.


Paul Markov desapareceu sem deixar rastros e Marguerite acredita que ele tenha fugido para outras dimensões. Querendo ter sua vingança contra o assassino de seu pai, ela irá tentar ir atrás dele e do porquê disso tudo. Só que a descoberta será maior e os desafios desse enigma é bem mais complexo, afinal nada é o que parece.

Sabe aquele livro que você não espera nada e quando inicia a leitura você fica fascinada? Pois é, o primeiro livro da trilogia foi assim. Antes de começar a lê-lo confesso que nunca tinha procurado saber sobre o mesmo. E quando vi que um dos seus gêneros era ficção científica, dei uma desanimada porquê é um gênero que me perco facilmente pois são muitas informações e é um universo que não domino, que conheço poucas coisas. Pensei que iria acontecer o de sempre. E fui surpreendida.

"Meu ódio é mais forte que as dimensões, mais forte que a memória, mais forte que o tempo. meu ódio é agora a parte mais verdade do que eu sou." pág. 7

Primeiro que Claudia Gray nos traz com uma clareza como tudo funciona. Desde as dimensões, o processo da fabricação do Firebird, suas funções, o que pode acontecer ou não, sobre a teoria do Destino, teorias físicas propriamente ditas, entre outros. Isso acontece a medida que a trama vai desenvolvendo, então são dadas informações nos momentos mais necessários e acertados. Além de ter feito me interessar mais sobre o que era descrito, como a obra funciona, como é essa vida paralela em si, fazendo uma linha de crescimento bem definida e ocorrendo que as 288 páginas foram de leitura fluida. 

Outra coisa que me fez gostar bastante foi o tipo de tema que ela trabalhou que é "viagem no tempo" e ao mesmo tempo não é. Como são dimensões paralelas, o tempo passa na mesma maneira em todos os lugares, ou seja, o Paul de uma dimensão, tem a mesma idade e aparência nesses locais, contudo por causa de acontecimentos diferentes, ele tem uma vida diferente em cada dimensão. Pode ser um emprego, uma namorada, o país que mora, o universo de modo geral e muito mais. Então quando temos as ultrapassagens nas dimensões, em cada um é introduzido algo novo, conhecimentos novos que você fica fascinado em ler. Enriqueceu e fez tudo ser atrativo.



E aglutinado temos o romance que por um momento achei que não seria necessário, só que no final virou o ponto chave. Tem muito romance, então não sei se é um livro adequado para quem não espera o aparecimento do mesmo. O que acabei de falar pode dá a entender que acontece o óbvio, entretanto como já disse no início, o modo que é desmembrado, o modo que ela especifica os acontecimentos e mistérios que é o mais incrível. Com algumas frases em pequenas trechos, algumas "pontas soltas" em outras, conseguimos captar o plot twist — em menos da metade do livro já imaginava o que iria acontecer — e mesmo assim você fica de boca aberta. Os desdobramentos são fascinantes, são diferentes na medida do possível e é outro ponto alto.

O que talvez não tenha me conquistado tanto são os personagens. Nossa protagonista apesar de ter atitude em diversos momentos é chata com uma ideia que lhe é fixa, e quando acontece uma reviravolta e muda sua opinião, ela ainda continua chata com a outra ideia. Ou seja, não consegui ter empatia por ela me dando sérios problemas em aturá-la em pontos específicos. E diferentemente, Paul e o Theo — a pessoa responsável por ajudá-la a capturar o fugitivo — fizeram tudo mais valer a pena. Principalmente quando temos as descobertas dos seus papéis no drama. Confesso que choquei. 

"Será que percorri todo esse caminho para ter que enfrentar a morte do meu pai outra vez? Será que ele está condenado em todo lugar? Ele é um homem bom destinado a morrer pela crueldade e ganância dos outros?" pag. 157

De forma geral é um livro que me agradou demais, que tem coisas específicas a serem melhoradas e por ser trilogia pode vir a me surpreender mais ainda no bom sentido. Como próprio volume diz, aqui veremos uma "missão" sendo desdobrada de uma guerra que é bem maior. Então temos o que esperar pela frente.  

Pretendo ainda esse mês ler o sucessor que é Dez Mil Céus Sobre Você e estou com expectativas altas. Na parte física, a capa é belíssima, gostei demais e foi mantida a original se não me engano. Os detalhes de início de capítulos são muito bonitos, alternando entre as duas dimensões da capa e a diagramação é a padrão da editora. 

E vocês, já leram Mil Pedaços de Você? Ou ficaram curiosas sobre o exemplar? Deixa nos comentários!

30 comentários :

  1. Eu acho as capas dessa trilogia maravilhosas e estou super curiosa para ler. Adorei saber a sua opinião sobre o livro e não vejo a hora de ler também, eu gosto bastante desse gênero e acredito que a leitura vá me agradar muito.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Sou apaixonada por esta capa e este título me conquistou desde o dia em que o vi. Adoraria lê-los, mas como estou fugindo de trilogias, não lerei por enquanto, quem sabe mais pro final do ano.

    ResponderExcluir
  3. Li apenas um livro da Claudia Gray e amei e então, essa serie aqui me deixou master curiosa e quero ler sim. Ente do a sua expectativa par ao próximo volume e eu estou torcendo para que seja uma leitura ótima pra ti. Já curiosa com o que você falará do livro.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Com certeza daria uma chance pra essa leitura. A forma que você tratou me chamou bastante atenção, o modo que você usou pra explicar as dimensões todo o conceito do livro,acredito que a leitura fica mais fácil.
    Fiquei curiosa pra desvendar esse mistério.

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita curiosidade com essa série, gosto da premissa, só não sei se consigo encarar mais alguma série de livros nesse momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Eu adorei a sua resenha e já realizei a leitura desta obra. No começo também fiquei com medo de não entender algumas partes do livro, mas foi super tranquilo. Sou extremamente apaixonada pelas capas da trilogia, é uma mais linda que a outra né? Estou com o segundo volume em mãos e pretendo iniciar a leitura até o mês que vem. Espero que ele seja tão bom quanto o primeiro.

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas fiquei super curiosa sobre ele desde que foi anunciada a pré venda. A capa é um arraso e a premissa do livro é super interessante. Só fico receosa pelo fato de ser uma trilogia, mas vou sim arriscar essa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. As capas dessa trilogia são maravilhosas.
    Ainda não li mas vejo sempre bons comentários e fiquei super curiosa. Gostei da sua opinião, parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  9. Olá, poxa, eu já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia que se tratava de um livro de ficção científica, especialmente pelo título kkk. Mas adorei conhecer mais sobre a obra.Sua resenha despertou me interesse. Dica anotada! Bjs

    ResponderExcluir
  10. Vivo adiando a leitura desse livro, mas agora que sei mais sobre ele vou pegar pra ler, obrigada pela resenha maravilhosa! <3

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Gosto muito de ficção científica e sempre estou procurando obras inovadoras. O livro já estava na minha lista de desejados, só não sabia que fazia parte de uma série.
    A premissa é bem interessante e fico feliz que essa mistura de romance e suspense tenha lhe agradado e tornado a leitura rápida e fluída, além de a autora explicar muito bem como tudo funciona.
    Uma pena que a protagonista acabe se tornando um pouco chata quando mete algo na cabeça e não tira por nada.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  12. É sempre complicado quando não temos empatia com o personagem principal, a história acaba sempre perdendo um pouco do brilho. Pelo menos no geral foi tudo OK
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?

    Gente do Céu eu jurava que esse livro era só romance, agora que descobrir que é uma FC com certeza minha vontade de realizar a leitura só aumentou! Vou correndo comprar e realizar a leitura e tirar minhas próprias conclusões!

    Bjss

    ResponderExcluir
  14. OOi
    Esse livro está na minha meta, e quero começar ele esse mês ainda. haha A premissa é maravilhosaaa, amo os gêneros, só me falta vergonha na cara para iniciar de uma vez. kkkkk

    ResponderExcluir
  15. Olá, Carool! Tudo bem?

    Eu já vi esse livro antes, se não me engano nas Americanas, a capa é muito bonita e após ler a sua resenha fiquei com vontade de ler Mil pedaços de Você, parece ser bem legal. Eu pensava que esse livro fosse romance! kkkkk
    Dica anotada! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oiii Ana tudo bem?
    Eu adoraria ter oportunidade de realizar a leitura, sei que me encantaria o máximo e é um dos gêneros que mais aprecio na leitura, ótima resenha e lindas fotos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oi. Tudo bem??
    Que livro mais fofo. Ameii essa capa, assim que a vi pensei que seria daqueles romances beeem melosos. kkkk Ainda bem que eu estava errada. Amooo livros de ficção científica e amei essa máquina que nos leva a outras dimensões. rsrsr
    Bjoo

    ResponderExcluir
  18. Oi!!

    Não sou muito fã de ficção cientifica e o fato da protagonista ser chata me desanima mais ainda. Não sei mesmo se daria uma chance a esse livro, sei que já estou julgando o mesmo pelo gênero, mas consigo me sentir compelida e atraída por essas obras. Enfim, obrigada pela dica e beijos!

    ResponderExcluir
  19. olha, eu até leria mas quando vi que tem romance no meio já fico de pé atrás... primeiramente nem fazia ideia de que o livro era de sci-fi com essa capa e esse titulo... mesmo com alguns pontos que me interessam numa leitura [como a questao de dimensões paralelas] esse romance me desmotiva completamente...

    ResponderExcluir
  20. Oiii tudo bem???

    Amo as capas dessa trilogia, quero na estante.
    Nunca havia lido resenha, apesar de querer ler muito, e adorei ler a sua, so me deu mais vontade ainda de ler.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Já tem um tempo que esse livro foi lançado, e confesso que no início eu não tinha interesse em lê-lo, porem li tantas resenhas positivas sobre, e viagens no tempo é um assunto fascinante e que gostaria de ler mais a respeito, que acabei criando curiosidade por esse livro, além disso ele tem uma capa muito bonita que me chama a atenção. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  22. As capas dessa trilogia são maravilhosas, curto ficção cientifica é um novo hábito que tenho adquirido, e saber que esse tem romance misturado me anima bem mais a conhecer a historia. Não conhecia esse ou os demais livros, então sua resenha já me deixou curiosa logo de cara para fazer a leitura. Espero poder fazer em breve.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  23. Oie!
    Nossa, as capas dessa trilogia é ótima!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas espero fazer isso em breve. Ainda mais que está sendo publicado o último volume.
    Assim posso ler todos em sequencia.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  24. Olá, Carol.
    Fico feliz de saber que essa é uma ficção científica diferente.
    Confesso que o tamanho dos livros me assusta um pouco, mas vejo que a história num geral é boa. Acho que posso dar uma chance sim. Principalmente pela parte do romance que me atrai muito.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  25. Ah, sim. Taí um livro que me deu muita vontade de ler! Ótima resenha. Dica devidamente anotada na wishlist!

    ResponderExcluir
  26. Oi Carol,
    Comecei a ler esse livro há um tempinho e gostei muito do que encontrei, mas entrei numa fase: Cansei de ler tudo e parei.
    Acho que viciante é uma boa palavra para essa história e a ideia da autora foi genial, porque, gente, essas coisas de mil pedaços, de N dimensões é fascinante.
    Espero retomar a leitura em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Esse livro está com uma edição tão linda! Estou apaixonada!
    Vou ler em breve, amei sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá! Li poucos livros de ficção cientifica, mas dica anotada. Achei bacana que você deixou uma resenha bem completa e sem dar spoilers. Logo de cara pensei que fosse um livro de puro romance. Já quero ler!

    ResponderExcluir
  29. Mas nossa! foi a primeira resenha que eu li desse livro e juro que achava que era romance!!!

    Estou perdendo tempo, adore esse estilo de leitura!!!!

    ResponderExcluir
  30. Carol, já tinha ouvido falar do livro, mas confesso que não tinha me animado na leitura porque não sou fã de ficção científica, mas lendo que você não se perdeu e até gostou eu daria uma chance a leitura.

    ResponderExcluir