15 de abr de 2017

[Resenha] O Beijo da Morte

Livro: O Beijo da Morte #1
Série: Sob A Luz das Galáxias
Autora: Judie Castilho
Editora: Chiado
Páginas: 460
Gênero: Romance/Fantasia
Nota: 5/5
*exemplar cedido pela autora*
Haysla e sua amiga, Violyt, estão iniciando uma nova fase em suas vidas. Depois de passarem muitos anos na Terra, enfim chegou o dia pelo qual elas tanto esperaram! Elas estão completando 17 anos e ingressando na Academia Frantila, a escola mais disputada do universo. Mas as coisas não serão fáceis para elas. A União Universal e seus 16 planetas aliados acreditam estar cada vez mais unidos e poderosos. Porém, uma grande conspiração intergaláctica está se formando. Seus planetas inimigos não querem mais viver à margem do universo. Eles estão em busca de poder e de um elixir que lhes garanta uma longa vida. Para complicar ainda mais as coisas, Haysla está vivendo um peculiar triângulo amoroso. De um lado, um amor leve, divertido, tranquilo. Possível. Com ele, Haysla tem a chance de uma vida segura e feliz. De outro lado, um amor ardente, avassalador, compulsivo... Mas impossível. E para viver este amor, Haysla não temerá consequências... E pode colocar todos em sérios apuros.

O Beijo da Morte não tem somente uma capa bonita — e serei suspeita eternamente porque roxo é minha cor favorita — pois Judie Castilho conseguiu introduzir elementos fantástico de uma forma inacreditável. Se prepare para entrar nessa história de outra galáxia que fará você ficar com o coração na boca, e simplesmente querer mais.

Haysla Rhieavatre é uma menina mestiça — ela tem características físicas da mistura de dois planetas diferentes — que irá estudar na Academia Frantila, o centro de estudos da Sede da União Universal, com a sua melhor amiga. Sempre destacando-se entre os outros, sempre sendo a melhor, Haysla logo no primeiro dia irá passar por algumas peripécias. Ao ficar embasbacada com um jovem no corredor, ela acaba desequilibrando-se  na escada e para não cair resolve apoiar-se na pessoa que lhe despertou interesse. Porém o que ela não esperava é que ele não fosse lhe ajudar e com isso ela acaba caindo no chão de forma vergonhosa. Essa pessoa é Benjamim Thriskow, um dos professores da Academia e um Klyso — único povo do universo que possui veneno capaz de matar outros povos.



A partir daí haverá uma inexplicável conexão entre esses dois onde várias situações irão ocorrer e que nascerá uma paixão. Porém como nada nessa vida é fácil, o romance passará por provações e proibições que irão além da vontade dos dois. E com isso surgirá uma terceira pessoa que poderá abalar tudo. Afinal, o que Haysla irá decidir? E principalmente o que ela será capaz de colocar em risco em nome de um desses amores?

Existes enredos de fantasias com passagens na intergaláxias, e existe esse enredo. Com uma base fundamentada, complexa e cheia de detalhes, entraremos em um universo completamente novo. E isso é um dos pontos que mais me alegrou a medida que virava as páginas. A autora abusou e usou de criatividade e de elementos novos criando esse espaço inédito, onde temos vários povos, várias "etnias", vários acordos, elementos diferentes que enriqueceram e cresceram o que poderia ter sido um simples romance.

"Cão que ladra não morde." Lohan rebateu. "Acontece, Lohan, que eu não sou um cão, eu sou uma cobra." A imagem de uma cobra gigante foi enviada para a mente de Lohan. "Cobras dão o bote antes de atacar. Ainda dá tempo de você correr... ou provará do meu veneno." pág. 186

E esse balanceamento de vários gêneros: romance, fantasia, um pouco de ficção científica, fazem com que a obra não seja classificável apenas em um lugar. Temos vários paralelos que se conectam em um momento, fazendo com que nenhuma parte se perca em segundo plano. Então é um volume que agrada amplos gostos e que irá deixar todo mundo de queixo caído.

Os personagens são de personalidades tão cativantes que você não sabe para quem torcer. Sim, em todo momento ficava dividida entre os dois protagonistas, então eu não tenho um favorito nesse romance. Keynel — que aparecerá gradativamente na trama — te conquista desde a primeira fala. Benjamin também é outro que você irá se apaixonar. Judie porque nos deixou nesse bico de sinuca? Sim, ficar em dúvida para quem levantar bandeira será extremamente normal.



Apareceu algumas pontas soltas no desenvolvimento, que nos deixa com dúvidas, criando suposições que provavelmente deve ter sido proposital para dar continuidade a série. Essa ambientação que a autora criou com certeza tem muito mais a ser explorada. E é o que eu espero e anseio para os próximos volumes. Espere uma escrita leve, que te faz virar as páginas sem perceber e cada vez mais presa no que nos é contado. Levei praticamente 2 dias de leituras com paradas obrigatórias para a faculdade.

Na parte física a edição é lindíssima, e como já foi dito sou suspeitíssima para falar da capa porque é uma das minhas cores favoritas e foi muito bem trabalhada. É totalmente conectada com o conteúdo, fazendo ser um encaixe perfeito. Na revisão alguns erros que não irá atrapalhar a leitura, e a diagramação, início de capítulos também são de cair o queixo.

"Ele havia tomado para si as rédeas de sua vida. Isso era ser livro. E se tivesse que morrer em nome dessa liberdade, então seria uma morte honrosa." pág. 214

Só tenho elogios a deixar para um livro nacional que me surpreendeu muito com a sua qualidade. Já bem animada com o que teremos  a seguir e espero que esteja tão bem encaixado como este. E vocês, já leram ou querem ler O Beijo da Morte? O que achou do enredo? Deixa nos comentários!



15 comentários :

  1. Oba!!!!! Que bom que gostou do livro!!!!! Fiquei feliz demais!!!
    E a resenha está maravilhosa!!!! Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carool! Nossa, que estória maravilhosaa! Faz um tempinho que não leio um romance de ficção científica e me deu saudades kk. Adorei a sua resenha e fiquei bastante curiosa para ler essa estória, parece ser bem viciante. Sem deixar de mencionar a capa e a diagramação que estão maravilhosaas, estou apaixonada kk!Obrigada pela dica, vou adicionar agora a minha lista! Bjss.

    ResponderExcluir
  3. Oi Carool!
    Que show! Nunca tinha lido nenhuma resenha do livro, embora conheça a Judie.
    O enredo parece excelente é adoro fantasias espaciais, por conta dos livros da Thaís Lopes.
    Adorei!
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Isso acontece direto comigo, quando me vejo estou torcendo por todos. A capa está muito bonita mesmo, e como não conhecia o livro, vou anotar a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. bem, eu amo roxo mas ao contrário de voce, não curti a capa... costumo apreciar o catálogo da Chiado mas esse titulo em questão não me empolgou...
    mas achei interessante essa mescla de gêneros na narrativa...
    bj ^^

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Caramba que história mara!
    Eu gosto muito dos livros e diagramação da Chiado.
    Fiquei bem interessada na história e vou tentar ler o mais breve possível!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Que linda resenha!
    Não conhecia essa obra, mas fiquei extremamente curiosa e o projeto gráfico é sensacional.
    Espero conseguir ler em breve!
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Acho a capa desse livro simplesmente maravilhosa!! Estou louca para finalizar a leitura, sua resenha me deixou ainda mais curiosa. Parabéns pelo posto, está ótimo!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Gosto bastante quando o autor mistura gêneros, isso só deixa a história ainda mais criativa é interessante de se ler. Eu achei a premissa e seus comentários muito bons, no entanto não quero começar novas séries até ter finalizado as que já iniciei, deixarei a dica anotada para futuramente e acompanharei as rasnehas dos próximos volumes.

    ResponderExcluir
  10. Oie que capa espetacular, confesso que fiquei curiosa aqui pela leitura. Sua resenha me fez sentir ainda mais vontade de ler essa lindeza.
    Dica anotada por aqui já!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Esse ano decidi dar uma atenção especial aos nacionais, pois temos tantos autores tão bons despontando. Esse livro não conhecia e nem o autor, confesso que não é meu gênero favorito e por isso não me interessou. Mas adorei sua resenha e as imagens que vc usou para ilustrar o post! Desta vez passo a dica!

    ResponderExcluir
  12. Oie, como vai? É a primeira resenha que leio sobre esse livro e adorei o que encontrei aqui. Também gosto muito do gênero e os elementos que citou me chamam muito a atenção. Já quero ler também! Ótimo post. :D Ah, e a edição parece mesmo super caprichada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho um pouco de medo da capa, acho que são os olhos... Rs... Achei muito interessante todos os povos e lugares que a autora criou, mas o triângulo amoroso me faz não querer ler. Não curto esse recurso e tive a impressão de que é algo bem significativo na trama, embora ela não se resuma a isso.

    ResponderExcluir
  14. Olá. Já tinha visto esse livro em outro lugar. Eu não gostei muito da capa dele, achei cheia de detalhes, e isso me desanimou um pouco. Sou muito visual, se a capa não me agrada muito eu tendo a demorar para comprar o livro ou fico enrolando para ler.

    ResponderExcluir
  15. Oi!!!
    Eu adoro essa mistura de fantasia, distopias, e gostei mais ainda por ver que é um universo bem diferente do que costumamos ver por aí, me agrada muito.
    Sua resenha está muito boa!

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)