18 de mar de 2017

[Resenha] Remy

Livro: Remy #3
Série: Real
Autora: Katy Evans
Editora: Novo Século
Páginas: 240
Gênero: Romance/Erótico
Nota: 5/5
Sinopse: "O lutador do circuito Underground, Remington Tate é um verdadeiro mistério, até para si mesmo. Sua mente por vezes é assombrada por trevas, e ao mesmo tempo repleta de luz; ora atormentada, ora iluminada. Às vezes, suas ações e seu estado de espírito são cuidadosamente medidos; mas, subitamente, podem fugir do controle. Contudo, um amor improvável se revela a chave para o que aparentemente era apenas caos e aniquilação em Remy. Nenhuma mulher antes de Brooke Dumas havia vislumbrado seus segredos mais profundos, e suas paixões mais intensas. Em meio a todo esse cenário obscuro, enfim nasce uma constante: querer, precisar, amar e proteger Brooke. Desde o primeiro momento em que pôs os olhos em Brooke, Remy sabia, sem dúvida alguma, que ela seria a coisa mais real pela qual ele jamais teve que lutar. No terceiro livro da série, entre na mente singular de Remington Tate, o “Real” da Brooke, e descubra como o casal leva seu vínculo poderosamente sensual para o próximo nível."

Ler os livros da Katy Evans sempre foi uma surpresa e voltar à ler a história do Remy então, é surpreendente e encantador. Para mim uma das maiores autoras de erótico que já li, Remy veio consagrar aquilo que já imaginava: a série com certeza entra para os meus favoritos do gênero.

Remy nos traz a história do próprio junto com Brooke Davis, sua namorada, durante os dois primeiros volumes — Real e Meu — com mais algumas cenas mais avançadas dos dois tendo como plano principal o ponto de vista dele. Ou seja, praticamente não temos novidade nenhuma do enredo em si, porém entrar mais profundamente na cabeça do nosso lutador, é entrar uma montanha russa de emoções.




Aviso de antemão que nosso personagem principal é de uma extrema possessividade pela sua namorada — aqui já esposa — que possa ser que choque alguns leitores. É um dos fatores que divide muito as opiniões de quem leu. Ou você ama, ou você odeia. Principalmente por agora com o levantamento da bandeira feminista. Ao lermos os pensamentos deles, de início tomamos um grande susto. Ele é bem carregado no erótico e somado a essa questão do querer dele, até você retomar e acostumar novamente com a personalidade do Remy, talvez demore a engatar. Porém acho que foi questão pessoal, de momento, tanto que depois a narrativa fluiu naturalmente.

A escrita já é genuinamente boa, de uma maneira que você é instigada a continuar ler sem parar e mesmo tendo ideia das situações que aconteceram, ver de um ângulo diferente é fascinador. Eu fui completamente fisgada novamente e falo que quem gosta do gênero vai se identificar.


"Eu não vou esquecer de jeito nenhum. A vida pode me colocar em situações difíceis, mas não a ela. Eu resolvo tudo para ela. Ela será intocável se depender de mim. Ela será intocável por qualquer coisa e qualquer pessoa, exceto por mim." pág. 101


O que talvez pese como ponto negativo, é a alta quantidade de envolvimento erótico não no sentido de atos, mas no sentido de insinuações. Faz parte do que nosso protagonista é, junto com seu jeito bipolar, seu jeito imperativo, porém que ao meu ver completou mais o enredo do que prejudicou. Todavia, é sempre bom avisar para aqueles que não gostam.

Já um ponto positivo foi ver a evolução dos personagens secundários. Em Meu já tínhamos uma ideia de como seria, entretanto aqui com algumas cenas no presente, vemos quais rumos os casais podem tomar. Seus jeitos cativam o leitor, então é bem difícil alguém não gostar deles.




A parte nova, quero dizer do que nos é apresentado como novidade, que é o casamento do Remy com a Brooke, foi bem satisfatória e dentro do esperado. Confesso que eu não estava esperando grandes coisas, por isso não foi nem decepção e nem aquele impacto todo.

Se juntarmos todos os porquês, pontos positivos, para mim é um livro sim 5 estrelas. De longe não vai ser meu favorito da série, que continua sendo o primeiro, só que minha queda por pontos de vistas masculinos narrados é bem grande. Acho que se eu tivesse lido de primeira desta maneira, iria gostar dos volumes mais do que já amo.

"Esta é minha mulher entregando a sua vida a mim. Este sou eu, entregando a minha vida a ela." pág. 204

A leitura, novamente repito, não é para qualquer leitor porque tem muitos pontos que talvez incomode a grande massa. Acompanho Real tem anos e não me desagradaria tanto se eu fosse realizar o primeiro contato por agora. Falando da edição física, a capa segue o modelo da série — que também divide opiniões entre gostar ou odiar — , a diagramação é padrão e até onde me lembro sem nenhum erro de revisão.

Estou e espero ter em mãos ainda esse ano o quarto volume que é Devasso, mas que agora irá contar a história da amiga da Brooke, a Melanie. Confesso que não entendi ainda muito a sinopse, entretanto vejo que terei surpresas.

E vocês, já leram a trilogia Real? Deixa nos comentários! 

18 comentários :

  1. Oii
    Ainda não tive nenhum contato com os livros da autora, mas percebi que esse é um ótimo livro do gênero. Que bom que a leitura flui e o enredo , apesar de ser recontado , não a decepcionou. Espero poder ler essa série algum dia, pois achei bem interessante, mas não vai dar para iniciar agora por que já tenho inúmeras e preciso concluir. Ótima resenha . Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Vou ser bem sincero, eu gosto de livros desse gênero e não sou de engolir algumas coisas que acabo encontrando neles, mas é como você deixou claro, é uma leitura que possa incomodar algumas pessoas, e eu acho que seria extremamente incomodado com alguns pontos, mas por outro lado eu me interessei por ser um livro com personagem possessivo, e isso é algo que chama muito a a atenção, gosto de estudar os atos de pessoas possessivas! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oi! Ainda não tive a oportunidade de ler essa série, mas já tenho na minha lista de desejados. Adoro ler a versão masculina da história, vemos por uma outra perspectiva, e na minha opinião, fica muito mais divertida. Ótima resenha, fiquei mais curiosa ainda em conhecer a escrita da Katy Evans, bjss!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu ainda não li a série. Creio que não a encontrei por aqui e passei outros na frente. O ponto que você destacou que pode causar incômodo poderia atrapalhar a minha leitura, mas só vou descobrir quando ler. Obrigada por suas palavras. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oie amore,
    OMGGGGGGGG que capa é essa, querooo, necessito!!!
    Anotei a dica aqui tanto pela capa, quanto por saber que se trata de uma leitura instigante... essa questão de ter o tal envolvimento erótico não me perturba porque gosto de histórias assim, então lógikooo que vou anotar a dica!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  6. OIe tudo bem?! Sou muito suspeita para falar do Remy e da Katy Evans. Adoreiiii essa série, o livro seguinte, Devasso, é muitoooo bom também. Agora é uma pena a Novo Século nos fazer de trouxas e até hoje não ter publicado o último livro. Estou esperando ansiosamente que alguma outra editora compre os demais livros dela para poder tê-los em minha estante.
    Resenha massa, viu!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Não li ainda a série, sempre fico com um pé atrás quando vem um volume com o ponto de vista do outro personagem ao remetente um fato já contado. Prefiro que isso aconteça simultâneamente. Não que não leia quando lançado desta forma ou que não goste. Como.o ainda quero ler, espero que este fique do lado daqueles que goste.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Ahh o que dizer de Remy, o famoso lambe-lambe...rs!
    Acho a história dele muito linda, a forma como ele lida com o transtorno que tem, a autora soube descrevê-lo como ninguém.
    Quero ler suas resenhas dos próximos livros, tenho certeza de que vc irá se emocionar muito ainda.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Sempre que vejo esse livro morro de vontade de o ler mas nunca cumpri essa vontade e nem sei te dizer o porquê haha. Gosto muito da premissa da série, principalmente por ser diferente dos diversos romances eróticos com executivos que já li e eu adoro quando há pontos de vista de outros personagens, desde que sejam bem feitos e não mais do que já conhecemos.
    Acho que vou anotar a sua dica de série haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Não sou muito chegada em livros com uma pegada mais erótica, talvez por causa da decepção que passei com 50 tons acabei fazendo cara feia para os demais livros do gênero.
    Apesar deste não ser o livro que melhor se encaixa no meu perfil de leitora chata, achei interessante saber que há uma boa exploração dos personagens secundários, tenho sentido falta disso em algumas histórias.

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu gostei bastante dos livros da Katy Evans.
    Confesso que o primeiro, eu fiquei um pouco incomodada com algumas das atitudes do Remy, mas me acostumei depois com o personagem. A história é muito boa.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem?
    Adoro quando a escrita é instigante e prende o leitor de tal maneira que mesmo você sabendo onde vai dar não consegue parar de ler, acho que leria o livro só por esse motivo. No mais, eu não sou muito fã de livros eróticos então ainda estou dividida se devo dar uma chance hahaha
    Mas vou deixar anotado mesmo assim caso um dia mude de ideia.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Estou louca para ler esse livro ja tem um tempo, pois a premissa dele me instiga e a capa me seduz. Amo um bom hot, mas espero não me decepcionar com esse por que ultimamente os livros vem com mais sexo do que estória e minhas expectativas estão altas para e as livro. Amei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, esse não é bem meu estilo de leitura, mas curti sua resenha e acredito que muitas leitoras irão adorar.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bem?
    Eu adorei Real, depois de ler Meu vou com certeza atrás desse, parece ser bem rapida a leitura, só 240 páginas. Aaaah cara eu amo a escrita da Katy Evans, se dependesse de mim teria uma estante só de livros dela.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Como não curto livros eróticos, e você disse que essa é uma parte realmente marcante da obra, não acho que seja leitura para mim. Fora que eu com certeza faria parte do time dos que odeiam a possessividade do protagonista, isso me enlouquece... rs... Mas que bom que mesmo não sendo seu favorito da série ainda o considera cinco estrelas!

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Amei sua resenha! Conheço a série e estou ansiosa para ler e depois de ler sua resenha, percebi que estou perdendo tempo! Confesso que Devasso, é o que mais me chamou a atenção, pela sinopse, tomara que não decepcione!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Achei sua resenha bem interessante, mas romance erótico não faz meu gosto.
    Prefiro algo mais docinho sabe? Mas quem sabe um dia né?

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)