24 de fev de 2017

[Resenha] Sedução da Seda

Livro: Sedução da Seda #1
Série: As Modistas
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Páginas: 308
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
Sinopse: Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon. Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna. O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas. Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

Sedução da Seda é outra surpresa que entra para minha caixinha de favoritos de romance de época. Com uma protagonista burguesa, temos um casal fora do comum do gênero. Loretta Chase com a série As Modistas, trouxe mais uma novidade para os casais, onde podemos esperar ousadia, personalidade forte, diferenciada, que se destaca.

Marcelline Noirot é a mais velha de 3 irmãs. Com uma família de passado turbulento e tortuoso, aprendeu com uma de suas tias a ser uma costureira de mão cheia e modista. Tentando e erguendo-se em Londres, Marcelline é dona de uma das maiores lojas do local, só que ainda não é a popular entre a aristocracia. Querendo ter mais dinheiro e mais prestígio, ela irá atrás da lady Clara  Fairfax, futura duquesa para conseguir o quer.



Determinada e destemida, ela fará um plano onde o seu ponto principal será convencer o duque Clevedon a fazer sua futura esposa comprar na loja. Porém nessa aventuras, eventos farão sentimentos aflorarem e situações mudarem. De uma pura estratégia o amor vai nascer. Será capaz dos dois perceberem isso? Serão capazes de ultrapassarem suas diferenças que a sociedade apontam?

Como foi revigorante mais uma vez encontrar um romance de época que é diferente e que se destaca no gênero. Lidando com uma mulher burguesa como personagem principal — até hoje não li nenhum que tratasse desse tema — mais ambiciosa, mais preocupada com seu futuro, mais preocupada com a sua família, temos em completo segundo plano o romance. Claro que uma hora irá para o plano principal, mas até o esperado acontecer, temos uma construção de personalidade destoante do que vemos repetitivamente. E Clevedon, segue na mesma linha, apesar de ter o clichê do libertino que é.

"A vida não era uma roda que girava sem parar. Nunca voltava ao mesmo ponto. Não se limitava a um simples vermelho e preto e um leque de números. A vida ria da lógica." pág. 59

Por Noirot ser uma mulher de personalidade forte, isso se reflete em todas as atitudes, todas as decisões e até nas cenas sensuais e eróticas, que molda-se a essa determinação. É uma coisa tão presente que ás vezes pode te causar aborrecimento porque por ela aparecer e dominar o que acontece, fica ofuscado qualquer coisa ao redor, até mesmo as decisões do personagem masculino. Não é a toa que a opinião é bem dividida entre gostar ou não da leitura. 

A construção da história e o desenvolvimento entrelaçado a profissão de modistas, nos demonstra que a autora fez uma exímia pesquisa do costume da época, dos países citados — temos cenas na França e em Londres — além de ter entrelaçado ao andamento da narrativa. Me impressionou muito e me encantou. Com certeza teve um trabalho primoroso atrás disso. 



Temos também um pequeno mistério e suspense descrito que te instiga a querer que as pessoas do enredo descubra essa verdade e que te faz ler de maneira rápida. E preciso levantar também a questão dos personagens secundários — principalmente as outras duas irmãs Noirot — que nos dá pistas de como seguirá a tetralogia. Elementos diferentes compõe essa série, fazendo que tenhamos altas expectativas.

A edição é que ao meu ver, talvez peque demais. Já é de conhecimento para quem ler bastante volumes do mesmo estilo, que a capa é repetida de outra editora com uma pequena alteração — aqui em vez de leque na mão, temos flores. E para piorar, o segundo volume, Escândalo de Cetim, tem o mesmo vestido com pequenas nuances de diferença. Confesso que não sou adepta a essa repaginação toda em uma mesma foto para ser usada várias vezes. A capa fica forçada e bem artificial e fica bem claro quando olhamos mais nitidamente com ele em mãos. Então em minha opinião, é um ponto ruim.

"Contra todas as probabilidades, veio a esperança. Porque ela era uma sonhadora e uma conspiradora e ninguém pode sonhar ou conspirar sem esperança." pág. 287

Não tenho que reclamar da revisão, da diagramação e nada do conteúdo interno. Está impecável, digna de grande editora. A narrativa, outra surpresa para mim, é feita em primeira pessoa nos dois pontos de vistas dos protagonista. Então temos noção do ocorre nos dois lado, e que nos deixa mais agoniada quando algo não dá certo.

Gostei demais da leitura apesar de várias pessoas não terem gostado e falado mal da obra e por isso estou ansiosa para o sucessor. Foi uma ótima escolha porque estou lendo direto o gênero, e confesso que às vezes bate o cansaço. Espero que venha mais impactos da autora pela frente.

E vocês, leriam ou leram Sedução da Seda? Deixa nos comentários (;

24 comentários :

  1. Oi!! Eu sou apaixonada por esse livro e mesmo tendo gostado do segundo, o primeiro com certeza é o que se destaca. Eu amei a ousadia da Marcelline e suas diferenças das outras mocinhas, com certeza Loretta acertou em cheio com esse livro.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto essa capa maravilhosa muitas vezes, mas não sabia do que se tratava a história e fiquei super curiosa para conhecer Marcelline, gosto bastante quando a personagem é independente e deixa o amor para segundo plano porque quando o encontra deixa a história mais interessante e envolvente. Amei a resenha e também amo romances de época, então vou adicionar esse livro a minha lista com certeza kkk.Bjss!

    ResponderExcluir
  3. A capa realmente lembra o de outra escritora e ver sempre o mesmo estilo é mega chato. Eu já ignoro a leitura por isso, por achar que se trata das mesmas obras já vistas. Mas pelo visto essa é bem diferente, com uma personagem de personalidade forte e que busca crescer no que faz. Gostei.

    ResponderExcluir
  4. IOlá, tudo bem?
    Acho essa capa linda! Amo azul e o tom caiu muito bem nessa capa.
    Sua resenha ficou rica em detalhes e muito bem escrita, mas não sou fã do gênero, então passo a dica.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto de romances de época, a gente sempre acaba aprendendo um pouco dos costumes e as vezes até a política, e se tem um suspense e/ou mistério melhor ainda rs Quero ler!

    ResponderExcluir
  6. Oie, Loretta acertou nessa série, os dois livros são excelentes, tirando aquela má impressão dos canalhas. Nossa aqueles realmente são muito chatinhos. Já estou aguardando o próximo livro dela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu amei também o livro pelo mesmo motivo. A personagem é uma burguesa e não uma pessoa nobre e isso é ótimo. Estou com o segundo aqui e louca para começar. Mas não me importo com a questão de capas, gosto das descrições de cenário também.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  8. Eu não sou muito chegada em romances. De época então, nunca li nenhum! Mas estou vivendo um ano onde estou tentando fazer várias experiências literárias. Me permitindo conhecer outros universos!!
    Parabéns pela resenha. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro, e adoro romances de época! Na verdade, sou muito apaixonada por esse tipo de romance. E amei a sua resenha. Fiquei com muita vontade de ler esse livro. Os quotes que você separou também são maravilhosos e super bem escolhidos. Parabéns pela dedicação. Amei!

    ResponderExcluir
  10. Eu vi algumas pessoas falando mal desse livro também! Mas eu li e ameeeei ele, achei incrível, envolvente e tudo de bom! O segundo é ainda melhor! Sou apaixonada nessa série e vou defendê-la sempre kkkk ♥️

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Não curto romances de época, mas cada vez que leio uma resenha sobre, aprendo um pouco mais sobre como era essa época. Adorei sua resenha e as fotos, parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    eu não gosto de romances de época, acho todos iguais, não consigo enxergar diferença no enredo nem na construção dos personagens, 'temos um casal fora do comum do gênero.' infelizmente, não consigo visualizar isso. Mas, acredito que para quem parecia, deva ser uma leitura excepcional e consiga ter sensibilidade para enxergar as nuances.

    ResponderExcluir
  13. Olá !!! Estou curiosa para ler o livro. Acho a capa linda e gosto dessa temática. Muito boa sua resenha. Acredito que vale a pena a leitura, super bjoooooo

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Não gosto de romance de época, e não me animei muito com este, mas gostei do terceiro livro é isso me deixou bem indecisa. Sua resenha ficou ótima e me deixou um pouco curiosa também, adoro mistério, agora fiquei com vontade de saber o que é.

    ResponderExcluir
  15. Oiii!

    Eu ainda não li esse livro mas tenho muita vontade! Gosto de romances de época e me apaixonei diversas vezes pela escrita da autora. Mesmo com alguns pontos, eu tenho certeza que é uma obra envolvente! A capa é bonita, mas não sabia desses detalhes que você citou, que chato isso.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Eu sou apaixonada por romances de época e estou louca para ler os livros dessa série. Adorei a sua resenha e gostei de poder conhecer um pouco mais sobre a história.

    ResponderExcluir
  17. Uhuuul amei essa resenha. É verdade que os romances de época sempre vem com a mesma pegada, então quando alguém muda isso é como se o mundo inteiro mudasse junto e é maravilhoso né? Adorei :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Gosto muito de romances de época e essa é uma série que estou acompanhando.
    Adorei os dois primeiros livros e estou ansiosa pelo terceiro.
    Adoro as capas e acho interessante que se mantenha esse padrão para facilitar a identificação dos livros de uma série e dos livros do gênero.
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  19. Olá, eu não sou muito fã de romances, mas os de época têm me conquistado.
    Já tinha ouvido algo sobre essa série e vou anotar a dica. Adorei a resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. A Loretta Chase arrasa muitooo. E eu to precisando ganhar na loteria para poder pagar todos os livros que a Arqueiro lança e eu quero ler. Esse é do ano passado, né? E eu ainda não consegui D:

    ResponderExcluir
  21. Esse livro faz maior sucesso, tanto que que não gosto de romance de epoca dei uma passadinha de olho por ele mas achei hot demais kkk

    ResponderExcluir
  22. Definitivamente leria. Acabei de ler no mês passado a série Os Bridgertons, e até certo ponto é bem no mesmo estilo de As Modistas. Estou em uma fase em que os romances estão me atraindo e gostei da história dessa personagem. Vai para a lista de leitura do ano.

    ResponderExcluir
  23. Eu sou louca para ler essa série, acho a proposta interessante e as capas belíssimas e por curtir bastante romance de época acredito que essa história tem tudo para me encantar também.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  24. Excelente dica. Eu não sei se leria algo assim mas certamente minha noiva iria curtir muito esses romances de época, bem nesse estilo!

    Vou repassar pra ela =)

    Um grande beijo,
    Hugo,
    Raposa Cultural

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)