28 de fev de 2017

[Resenha] Salva Por Um Cavalheiro

Livro: Salva Por Um Cavalheiro #2
Série: As Irmãs Cynster
Autora: Stephanie Laurens
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 352
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
*exemplar cedido pela editora*
Sinopse: Londres, 1829. Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso. Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino, mais precisamente, Eliza Cynster! Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

Salva Por um Cavalheiro nos traz a história da irmã Cynster, Eliza. Com o aristocrata misterioso ainda querendo raptar uma das irmãs, a escolha da vez é a do meio, e para isso ele armará uma emboscada bem debaixo dos olhos da família, levando a menina de um modo mais prático que o sequestro anterior. Sendo completamente sedada na viagem até Edimburgo, em um momento maior de lucidez, Eliza tenta pedir ajuda para uma charrete que acaba passando ao lado na estrada. Mesmo sendo um momento muito rápido, com seus sequestradores achando que não ia dar em nada, na charrete tínhamos o Jeremy Carling, um conhecido da família Cynster. 

Ao ver e saber da história do aristocrata atrás das irmãs e apesar de ser um erudito que nunca imaginou-se indo socorrer alguma dama, ele junto com seus amigos armam um plano para salvar Eliza. O problema é que quase nada sai como o planejado, e o resgate que esperava terminar de forma rápida — tentando não manchar a reputação deles por estarem sozinhos — se transforma em uma bela aventura, onde paixões irão florescer. Será capaz de um erudito amar? Será capaz de uma honra e dever, se transformar em amor?



Completamente fisgada pela história, vi as folhas virarem de uma maneira bem rápida. Após me familiarizar com a escrita da autora, a leitura flui de uma maneira tão avassaladora que eu me apaixonei. Diferente do primeiro volume, a introdução da história foi bem mais rápida, e para mim foi um ponto muito positivo, pois já conhecendo e prevendo o que iria acontecer — tem o mesmo molde que o Conquistada Por Um Visconde — o enredo inicial não ficou repetitivo. Ele foi mais direto no que é proposto, ao mesmo tempo, que deixou ainda no ar aquele mistério todo em volta de quem quer o sequestro das irmãs.

Com certeza esse arrebatamento todo também se deve a personalidade dos protagonistas. Mais reservados, tímidos, fechados, o casal carrega muito mais dúvidas e desabrochamento de ambos os lados. O erudito descobrindo seu lado guerreiro e protetor, nossa mocinha descobrindo seu lado sensual e de opinião forte. Eu me conectei com eles, mais do que esperava, e ocorreu por causa da narrativa e da maneira que a autora construiu eles. Essa questão de você acompanhar uma mudança de caráter, de ego, te aproxima e te conecta mais ao desenvolvimento. 

" — Devemos deixar acontecer o que tem de acontecer. — Ele hesitou, então continuo: — As pessoas mais sábias são aqueles que não pré-julgam, que não supõem que sabem como as coisas vão acontecer, principalmente quando não são as únicas envolvidas. Os sábios deixam que as situação es se desenrolem sem perde energia organizando ou tentando entender consequências que talvez nunca aconteçam. Eles deixam os dados rolarem e pararem antes de decidir como dever lidar com o resultado." pág. 185

Novamente tenho que elogiar a escrita da autora, que seguiu o mesmo padrão de alto nível que o antecessor — escrita descritiva, vocabulário condizente com a época, cadenciada — e que faz a trilogia ser destaque entre os romances de época. Também tenho que citar a questão da trama passar-se entre Londres e Escócia. Por tratar-se de sequestro boa parte do tempo, temos uma ambientação bem diferente do que encontramos em outros livros. E adoradora da Escócia como eu sou somado a narração descritiva, para mim foi um prato cheio ler o volume. Quem gosta dessas situações, é uma boa pedida lê-lo.

A questão do mistério que vem perpetuando, ela toma novas formas e caras, fazendo-nos entender os motivos que está levando acontecer essa perseguição e principalmente algumas razões que levaram a essa medida extrema. O tão misterioso homem que comanda, vai sendo moldado e temos uma pequena noção do que pode vir. E confesso que estou muito ansiosa e com expectativas do que posso esperar. Afinal esses sequestros, tem um motivo que não é infundado. 




Na parte física, o único problema que vejo e está tornando-se recorrente no gênero, é o erro nas capas. A caracterização da personagem é bem diferente do que é mostrado na frente e talvez deixe a desejar para quem tem a mania de acompanhar a formação do personagem baseando-se na capa. Não estou falando mal, afinal acho lindíssima, só acho que foi uma escolha equivocada para a personificação de quem está no drama. A diagramação e a revisão estão boas e a narrativa é feita em terceira pessoa tanto no ponto de vista masculino quanto do feminino,além de alguns do sequestrador e do misterioso homem. Então no geral, os acertos superam os erros.

Dou nota 5 porque eu me apeguei bastante a tudo, mostrando que teve uma evolução da Stephanie Laurens. Lido em apenas algumas horas, percebe-se que mantendo o mesmo nível da escrita, teremos um excelente último volume. E eu estou com bastante expectativas, afinal já se é mostrado que a Angélica é bem temperamental e tenho suposições de quem será seu possível par. Ainda não tem previsão para o lançamento deste, contudo espero que seja o mais rápido possível.

"Não via razão para negar o amor — suas alegrias, seus desafios, sua tristezas, tudo o que fazia parte — só porque todo mundo supunha que ele, o simples erudito que parecia ser, não iria querer isso. Que não iria querer lidar com uma emoção tão poderosa, convidar suas distrações e agitações a entrarem em sua vida tão regrada — mas ele queria." pág. 319

Espero que tenham gostado e que deem uma chance ao livro, afinal ele foi uma ótima surpresa. E vocês, leriam ou leram? Deixa nos comentários!

33 comentários :

  1. Oie, Carool!! Fiquei bem curiosa, estou viciada em romances e simplesmente amo os de época! Ainda não conhecia esse, mas já vou dar uma olhada na resenha do primeiro, que eu já vi que vc já fez aqui.
    A capa é bonita, pena que não tem muito a ver com a protagonista, mas isso está virando comum nos livros hoje em dia.
    Beijinhos
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  2. Esse romance de época me parece ser diferente dos que conheço. Pelo que percebi (pode ser erro meu) ele tem um certo suspense.
    Outra coisa que me chamou atenção foi você falar da capa, ás vezes me incomoda ler um livro que a capa não condiz com a história. Mas se a história vale a pena, a capa fica com certeza num segundo plano.
    Excelente.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Bacana Carol! Eu odeio essas capas com modelos humanas(os) e sempre acho que exclui o público masculino.
    Parece ser um bom romance de época, pra quem curte o gênero.

    Grande beijo,
    Hugo
    Raposa Cultural

    ResponderExcluir
  4. Olá, Carool!
    Não tenho lido muitas séries, porém sua empolgação me deixou bastante curiosa. Gosto de leituras como essa que envolvem mistério e prendem a minha atenção. A capa foi um erro infeliz, mas o que importa é o conteúdo da obra.

    Bjos,

    http://contosdacabana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que legal saber que a autora manteve o mesmo nível da escrita no segundo livro.
    Ainda não li nada dela, mas como disse na resenha anterior estou super curiosa pra ler.
    E saber que te agradou me deixou bem contente. Achei a primeira capa mais bonita, o amarelo ressaltou bem, mas essa tb é bonita.
    Adorei a resenha!

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Os romances de época vêm conquistando cada vez mais espaço. Não é muito a minha praia, mas para quem gosta deve ser um livro e tanto, principalmente pela leitura fluída que a escrita da autora pode proporcionar.
    Ótima resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Sou apaixonada por romance de época e esta capa e a da saga são lindas, queria muito ler desta autora mas preciso ter grana ultimamente para tantos livros. E ainda tenho que terminar outras sagas.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  8. OLá, eu amo romances de época, e não conhecia essa série, com certeza vou procurar, pois esse toque de suspense por conta do sequestro das irmãs me conquistou. Vou anotar e procurar o primeiro da série. Bjs

    www.livrosemretalhos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Quando li a resenha do primeiro livro já tinha ficado interessada, imagine agora sabendo que a autora não decepciona em sua continuação. Sem dúvida tem tudo para finalizar de forma muito boa.bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Ainda não conhecia essa série e nem a autora, pois não tenho muito o hábito de ler romances históricos. No entanto, sua resenha me deixou muito curiosa para ler. Parece ser uma leitura realmente envolvente e leve.
    Gostei de saber que os personagens te cativaram, pois isso é algo que considero muito importante em um livro. Além disso, fiquei curiosa com relação a esses mistérios envolvendo as tentativas de sequestro.
    Adorei sua resenha e já adicionei o livro na minha lista de desejados.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda não conhecia o livro mas adorei a premissa e me interessei bastante por ele, eu gosto muito do gênero e acredito que o livro seja bem agradável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, já ia esquecendo de comentar sobre as capas...
      Eu também vejo muita diferença entre o que se mostra na história e em como a personagem é retratada na capa, fico chateada também mas não é só no gênero... isso acontece bastante.

      Excluir
  12. OOi!
    Não conhecia essas livros e nem a autora, acredita?
    Amei essa a capa e a premissa está ótima. Amooo o gênero, e esse mistério ainda aumenta minha curiosidade. Ótima resenha, dica anotada!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  13. Amo romance de época e esse está na minha lista, adoro a autora, já li outros dela e ela escreve muito bem! Adorei sua resenha e ansiosa para ler o livro!

    ResponderExcluir
  14. Oiii meu bem, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro, romance de época raramente desperta meu interesse, pretendo mudar isso ainda com o tempo e ver se consigo me agradar, sua resenha me atraiu bastante e achei linda a sua estante!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Carol!
    Achei legal você comentar que a gente se sente mais próximo dos personagens quando acompanha as mudanças importantes que acontecem com eles, porque eu também me sinto assim. Também adoro quando os autores se dedicam a descrever algum lugar que eu gosto muito! Hehehe! Sobre a trama em si, a parte do suspense me chamou a atenção, grande parte dos romances de época focam mais no romance mesmo.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  16. hunn, apesar de não curtir romance de época,achei legal essa ambientação na Escócia... legal que a narrativa tem um ritmo bom pra leitura, essa sequência deve ser um prato cheio pra quem leu o anterior e gostou...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Já vi que é uma leitura que prende!
    Ainda bem, os livros chegaram aqui esses dias e estão entre minhas próximas leituras!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Gente do céu não pode uma resenha dessas.
    Estou louca para ler esses livros mas ainda não os adquiri.
    Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa. Amo romance de época e esses parecem perfeitos.

    ResponderExcluir
  19. Oi, eu não li e não conhecia. Acho que é a primeira resenha que vejo, acompanho pouco da editora. bom, geralmente, o primeiro livro de uma série e afins, são mais lentos e o segundo vem para salvar com uma narrativa mais fluída, mas isso não significa que seja regra.

    ResponderExcluir
  20. Olá! Gostei bastante da sua resenha e das fotos. Recebi esse livro recentemente e estou ansiosa para começar a leitura. Com certeza, vejo que valeu a pena adquirir. bjooooo

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?

    Não sou mais fã do gênero, então deixo passar. Mas gostei muito da sua resenha, bem completinha e sincera. A capa é mesmo linda e nunca tinha parado para pensar que as personagens que aparecem na capa não representam a personagem feminina na história, adorei você ter dito isso. O que mais me deixou implicada foi com o título, que reforça a ideia de que a mulher precisa ser salva por um homem.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Esse livro parece ser um amorzinho <3
    Eu comecei a ler romances históricos por causa da série Os Bridgertons, e foi amor à primeira vista. Os personagens, o cenário, a época, tudo é tão bem escrito e retratado, mas com uma escrita fácil e leve. Sim, se for como esse, eu com certeza leria esse livro <3

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Gosto de romances de época, mas ando meio afastada deles ultimamente, talvez por achar que sempre vemos "mais do mesmo". A adição de suspense e mistério na história é um ponto positivo e o que me leva a "adotar" o livro é a química do casal.

    Boa resenha!

    ResponderExcluir
  24. Oi.

    Tinha visto esse livro esses dias e fiquei muito interessada nele. Ainda não li nenhum livro da editora, mas vejo alguns e morro de vontade de comprar. Adorei a premissa do livro e tenho certeza que vou adorar quando lê-lo.

    ResponderExcluir
  25. Gente, eu sempre acho que as modelos das capas representassem as protagonistas. Mas pelo visto não. Que pena. O que me chamou atenção vou o mistério. De resto, acho esse romance de época bem repetitivos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Você me confundiu! Eu não sei se gostei da história, ou da forma como você falou sobre ela. Vai escrever bem assim lá na China! Que resenha perfeita! Amei! Sério! Eu vou precisar procurar esse livro pra saber se vou gostar mesmo. Porque a sinopse não despertou meu interesse, mas quando fui lendo, me interessou muito. As fotos ficaram lindas e os quotes incríveis. Parabéns pelo capricho e dedicação! Arrasou!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  27. O primeiro com essa coisa de sequestro até tinha me interessado... Mas aí, sequestro de novo? Mesmo você tendo dito que existe um motivo para a perseguição, achei que perdeu um pouco da graça.
    E olha, capas que não condizem com as personagens me enlouquecem! Rs...

    ResponderExcluir
  28. Oi Carol.
    Que bom que você gostou tanto desse livro quanto gostou do anterior.
    Uma pena que as capas não retratem com fidelidade a personagem descrita o livro.

    ResponderExcluir
  29. Olá! Um romance de época bem inusitado, já gostei! Apesar que não estou naquela vibe de ler romances, já anoto sua dica para uma futura leitura e apreciar mais um livro.

    ResponderExcluir
  30. Oi, Carol ^^
    Fico feliz de saber que essa trilogia está superando as suas expectativas do gênero romance de época, pelo visto a autora soube explorar bem o gênero.
    Adoro personagens que evoluem ou mudam até porque todo o ser humano muda, quem fica estagnado se torna ignorante.
    Fico bem intrigado com esse mandante dos sequestros da família Cynster, deve ser uma pessoa horrível e possivelmente conhecida. Espero que essa pessoa sofra!
    Não posso julgar esse livro sem o ter lido, mas achei conveniente demais o erudito estar na carroça que passa justamente ao lado de onde está a Eliza e que ele consiga identificar a voz dela, por sinal. Mas só lendo pra ver se essa cena foi forçada ou destino.
    Amo autores que detalham os lugares, que fizeram pesquisa antes de escrever. <3
    Que chato saber que a capa não condiz com a personagem, isso é um erro que pode trazer o sentimento de engano no leitor.
    Parabéns pela resenha e bora ficar na torcida pro livro final da trilogia chegar.^^
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Olá! Que bom que o padrão de escrita da autora é alto. A capa é linda, pena que a capa passa um tipo de personagem diferente da história. Bom que gostou. Sua resenha além de me apresentar me deixou interessada. Beijos'

    ResponderExcluir
  32. Olá!
    Eu sou apaixonada por romances de época e estou bem curiosa sobre essa série. Achei particularmente diferente e legal essa personalidade do casal, mas tímida e recatada. Adorei a sua dica e com certeza vou adicionar na minha lista para ler futuramente.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)