28 de fev de 2017

[Resenha] Salva Por Um Cavalheiro

Livro: Salva Por Um Cavalheiro #2
Série: As Irmãs Cynster
Autora: Stephanie Laurens
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 352
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
*exemplar cedido pela editora*
Sinopse: Londres, 1829. Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso. Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino, mais precisamente, Eliza Cynster! Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

Salva Por um Cavalheiro nos traz a história da irmã Cynster, Eliza. Com o aristocrata misterioso ainda querendo raptar uma das irmãs, a escolha da vez é a do meio, e para isso ele armará uma emboscada bem debaixo dos olhos da família, levando a menina de um modo mais prático que o sequestro anterior. Sendo completamente sedada na viagem até Edimburgo, em um momento maior de lucidez, Eliza tenta pedir ajuda para uma charrete que acaba passando ao lado na estrada. Mesmo sendo um momento muito rápido, com seus sequestradores achando que não ia dar em nada, na charrete tínhamos o Jeremy Carling, um conhecido da família Cynster. 

26 de fev de 2017

[Resenha] Conquistada Por Um Visconde

Livro: Conquistada Por Um Visconde #1
Série: As Irmãs Cynster 
Autora: Stephanie Laurens
Editora: HarperCollins
Páginas: 368
Gênero: Romance de Época
Nota: 4/5
*exemplar cedido pela editora*
Sinopse: Londres, 1829. Decidida a escolher seu próprio herói, um que a deixe completamente extasiada e pronta para a felicidade conjugal, Heather Cynster declina convites para os bailes conservadores da aristocracia londrina e busca aventuras fora de seu círculo social. Ao ultrapassar as fronteiras de seu mundo seguro e comparecer a um sarau oferecido por uma dama de reputação duvidosa, Heather acaba entrando na cova de leões. Mas seus planos de independência são arruinados quando encontra, no meio do salão, o enervante Visconde Breckenridge. Amigo dos Cynster e, principalmente, dos irmãos de Heather, ele a toma pelo braço e a leva até a carruagem. Mas seus esforços são inúteis. A poucos metros de entrar no carro, Heather é interceptada e sequestrada por inimigos ocultos que buscam vingança contra os Cynster. Agora, o arrojado Visconde terá de provar que é realmente o herói que Heather tanto almeja... Escrito com maestria, paixão e toques de humor, Conquistada por um visconde é uma trama inesquecível, que deixará o leitor querendo mais após a última página. Composta por Stephanie Laurens, considerada a sucessora de Georgette Heyer e a principal referência de muitas escritoras de sucesso, seus romances têm como cenário a alta sociedade de Londres do período regencial. Conquistada por um visconde é a escolha certa para os fãs de narrativas cujos personagens são damas audaciosas arrebatadas por nobres sedutores.

Com nuances que o diferencia da maioria dos romances de épocas atuais, Conquistada Por Um Visconde é um romance que se destaca. Destaca-se pela forma que é narrado, que é descrito, que desenvolve-se e pelo forma que o romance é feito, principalmente por não focar-se somente nesse tema. É um livro que te envolve e te puxa, deixando você com um gosto de quero mais.

24 de fev de 2017

[Resenha] Sedução da Seda

Livro: Sedução da Seda #1
Série: As Modistas
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Páginas: 308
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
Sinopse: Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon. Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna. O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas. Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

Sedução da Seda é outra surpresa que entra para minha caixinha de favoritos de romance de época. Com uma protagonista burguesa, temos um casal fora do comum do gênero. Loretta Chase com a série As Modistas, trouxe mais uma novidade para os casais, onde podemos esperar ousadia, personalidade forte, diferenciada, que se destaca.

22 de fev de 2017

[Resenha] Phantasia

Livro: Phantasia 
Autor: Vários, organizado por Dêner B. Lopes
Editora: Rouxinol Editora
Páginas: 360
Gênero: Fantasia
Nota: 5/5
Comprar: Livraria Rouxinol | Martins Fontes
*exemplar cedido pela editora*
Sinopse: "Uma explosão de loucura criativa, genialidade e autenticidade. Fantasias que revelam vários talentos e a magnitude da ficção" Alex Sens. "Phantasia traz uma série de contos que decerto não merecem ser apenas lidos em silêncio, mas declamados ao redor de uma fogueira." Marcelo Siqueira, coautor da Trilogia O Príncipe Gato. "Histórias e estilos diferentes, um conjunto completo de ação, magia, mistério e conflitos. Leituras envolventes e cativantes, que despertam a curiosidade e nos fazem refletir sobre nossos próprios valores" Camila Deus Dará, autora da trilogia Ninho de Fogo. "De leitura fluída e fácil, esses contos nos levam de vilarejos lúdicos a ruas mórbidas, de castelos a casas sci-fi, sempre nos reservando alguma surpresa nas linhas finais." Luiz Henrique Mazzaron, autor de Máscara. "Phantasia é uma síntese da literatura fantástica nacional. Essencial para compreender a produção deste gênero no Brasil", Tonny Ferraz, autor de O Artífice.

Foi muito bom ler essa antologia que nos traz 24 contos fantásticos. Podemos ver que a nossa literatura é riquíssima e deve ser explorada. Com um amplo leque de opções dentro do gênero, desde aventuras medievais, até os dias atuais com pequenos toques de magia, Phantasia é um livro que irá agradar todos que gostam — como o próprio título diz — de fantasia. 

20 de fev de 2017

[Resenha] Série A Garota do Calendário


Série: A Garota do Calendário
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Gênero: Romance/Contemporâneo/Erótico
Nota: 3,5/5
Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.  Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 

18 de fev de 2017

Resenha - Ligeiramente Escandalosos

Livro: Ligeiramente Escandalosos #3
Série: Os Bedwyns
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa até mesmo do amor. Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata. Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam. Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.

Mary fez uma história completa. Com personagens cativantes e atraentes, entraremos mais a fundo nos Bedwyns. A cada membro lido, é uma surpresa vindo. Freyja Bedwyn após o casamento do seu irmão, decide não voltar para casa. Sabendo que um dos seus ex pretendentes — a quem ela amou muito e que possuem uma história passada — está a espera de um herdeiro, ela decide ir visitar uma amiga em Bath. Lá ela pretende ficar por um tempo até que o bebê nasça e assim possa voltar para casa pois a ferida de ter sido trocada por outra ainda noiva é uma cicatriz bem aberta ainda.

16 de fev de 2017

[Parceria Nacional] Autora Alana Gabriela

Olá, pessoas tudo bem? Olha o Leituras Diárias abrindo mais um espacinho para nacionais. Dessa vez a parceria está rolando com a fofíssima da Alana Gabriela.


14 de fev de 2017

[Parceria Nacional] Autor Paulo Mateus

2017 está sendo um ano bem recheado para o Leituras Diárias. Conseguimos mais uma parceria, dessa vez com o autor Paulo Mateus. Ele entrou em contato comigo e quando vi do que se tratava a história, não pude recusar. Vamos conhecer mais um pouco sobre ele?

Sou de Pouso Alegre - MG, cheguei a cursar administração, mas por não gostar muito da faculdade acabei saindo. Atualmente não estou cursando nada. Como leitor sempre gostei muito de fantasia e ficção cientifica, pois são gêneros que possuem uma capacidade muito grande de levar o leitor para outros mundos. E, claro, por gostar muito dessa área meus primeiros rascunhos começaram pela fantasia. Mas além dos livros também gosto muito de animes e filmes, principalmente se forem de ficção cientifica. Hoje com a Netflix fica fácil perder horas do dia com isso hahaha.

12 de fev de 2017

Resenha - Codinome Lady V

Livro: Codinome Lady V
Série: Os Sedutores de Havisham #1
Autora: Lorraine Heath
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
*exemplar cedido pela editora*
Sinopse: Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação. Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas. Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. Mesmo sem saber quem ela é, o duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes. Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é se casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes.

Lorraine Heath já entrou pro hall das minhas queridas autoras de romance de época. Com Codinome Lady V, ela quebra todos os paradigmas com uma personagem forte, determinada, com opiniões corajosas que ao mesmo tempo tem seu lado sensível e carinhoso querendo encontrar o amor. No primeiro livro da trilogia Os Sedutores de Havisham, não terá um momento que você não irá se encantar. 

9 de fev de 2017

Resenha - The Kiss Of Deception

Livro: The Kiss Of Deception #1
Série: Crônicas de Amor e Ódio
Autora: Mary E. Pearson
Editora: Darkside
Páginas: 406
Gênero: Romance/Fantasia
Nota: 4/5
Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.

Janeiro foi o mês que decidi ler vários livros hypados pela blogosfera e pelos booktubers. O escolhido dessa vez é: The Kiss Of Deception, primeiro volume da série Crônicas de Amor e Ódio. Ele nos traz a história da Arabella Celestine Idris Jezelia, princesa do Reino de Morrighan prometida a casar com o filho do rei de Dalbreck para fazer uma espécie de aliança entre os povos.

6 de fev de 2017

[TAG] Eu Nunca

Não sou booktuber, mas TAG é uma das postagem que mais gosto de fazer. E por isso não pude perder a oportunidade de fazer a que o Livraria em Casa traduziu. Parecida com a brincadeira do Eu Nunca das festa, esta consiste em responder em torno do universo dos livros. Vamos conferir?

1. "Eu nunca li isso" - Um livro que você não leu, mas que aparentemente todo mundo já.



A Maldição do Vencedor da Marie Rutkoski. É praticamente unânime a leitura dele dentro do booktuber e dos blogs literários. Me sinto como uma espiã tendo que me desviar de todos os spoilers possíveis. Mas, como sou guerreira e até agora não peguei nenhum, pretendo lê-lo ainda esse ano, e ainda esse mês, porque eu iria esperar o lançamento do último, mas não estou me aguentando. 

3 de fev de 2017

Resenha - Divina Vingança

Livro: Divina Vingança #2
Série: O Clã das Freiras Assassinas
Autora: Robin Lafevers
Editora: V&R
Páginas: 390
Gênero: Romance/Fantasia/Medieval
Nota: 4/5
Sinopse: "Sybella nunca soube ao certo o que era amor. Não sem segunda intenções. Desde sua infância, ela teve de confiar em si mesma para conseguir sobreviver. Ao chegar no convento de Saint Mortain, Sybella recebe o refúgio de que tanto precisava, porém isso terá o seu preço. As irmãs, que servem ao deus da Morte, percebem que a garota tem atributos e que ela pode se tornar uma arma poderosa. Ela vive durante três anos no convento e é treinada para enfrentar quem quer seja. Sybella já não é mais uma garotinha inocente, e sabe disso. Agora é uma mulher madura e totalmente preparada, uma assassina experiente, que mata a quem merece e o faz por gosto e sem piedade. Nunca se arrepende de suas decisões. Pelo contrário, ela sabe onde se encontram seus pontos fortes e como usá-los para cumprir sua missão. Porém, ela é enviada de volta para o lugar onde passou sua infância, para espionar seu pai, o cruel D'Albret. Ela começa a se lembrar de coisas horríveis que aconteceram enquanto estava sob o domínio dele e decide compartilhar com Fera, quem, fora do convento, torna-se seu companheiro. Juntos eles redescobrem a confiança e o amor. Assim, Sybella caminha por uma teia complexa de vingança e ódio, em busca de seus traidores, que levam a marca do deus da Morte. Ambientado da França medieval, Divina Vingança é o segundo livro de O clã das freiras assassinas, uma trilogia de mulheres fortes em busca de seu próprio destino."

Com uma trama bem mais sombria, Divina Vingança nos trás a história de Sybella, uma das mulheres do Clã das Freiras Assassinas. Com um passado bastante obscuro, sua missão é ir para a cidade que D'Albret está e tentar interceptar os planos que ele tem contra a duquesa. O único problema é que além de ter que lidar com os planos da abadessa, a líder do Clã das freiras, ela terá que lidar com seus sentimentos sombrios, afinal D'Albret é seu pai e ela está voltando para casa.

Confesso que não esperava o enredo tomar esse rumos. Minhas suspeitas eram completamente diferentes, por isso quando cheguei nesse volume fui tomada de grandes surpresas. Aliás, a cada virada de páginas, seremos surpreendidos com o passado da nossa protagonista, muito cruel e muito sofrível, e com as descobertas que farão a narrativa se mover. A autora trabalhou aqui bem mais a carga de sentimentos e emoção porque a história necessitava. 

1 de fev de 2017

[Parceria] Rouxinol Editora

É com grande alegria que anuncio a primeira parceria de 2017 com a Editora Rouxinol. O blog foi selecionado entre os parceiros desse ano. Vamos conhecer a editora?















Sobre a Editora

Como somos novos no mercado, nós trabalharemos da seguinte forma: o autor adquire uma parte da tiragem, que será uma tiragem pequena e que pode variar de um livro para outro. Dessa forma, o autor poderá recuperar todos os custos da publicação, além de uma parte que será vendida no site da editora, assim como em e-book na Amazon, sendo que o autor recebe uma porcentagem do valor desses livros vendidos através dessas plataformas. 

Ainda não temos previsão de colocar os nossos livros em grandes livrarias, mas estaremos trabalhando para conseguir atingir essa meta o mais rápido possível, sendo uma das prioridades da editora. Como a Rouxinol Editora é composta por escritores, que sabem das dificuldades que um autor nacional encontra para publicar um livro, queremos trazer um preço acessível para o autor, mas sem deixar de lado o mais importante, que é o que mais prezamos: a qualidade do livro.