17 de dez de 2016

Resenha - Romance Com o Duque

Livro: Romance Com o Duque #1
Série: Castles Ever After
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática. A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai. Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida. Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa. Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque".

Ler Tessa Dare é como voltar na época descrita e querer viver o romance escrito. Sua segunda série, Castles Ever After me conquistou assim como Spindle Cove. Cada vez mais ela confirma porque a escolhi como minha autora favorita do gênero.

Romance com o Duque vai nos trazer a história de Isodel Ophelia Goodnight, ou melhor Izzy, uma mulher que cresceu rodeada por contos de fadas e finais felizes. Seu pai era um escritor de romance que fez muito sucesso, porém ao morrer inesperadamente não deixou nada para sua filha e a história criada e vendida nos jornais ficou inacabada. E junto com a morte do seu pai, Izzy cresceu, amadureceu e viu que possivelmente contos de fadas não existe. Até que inesperadamente, ela herda um castelo que até então não sabia da sua existência. O que ela não esperava é que nesse castelo já tivesse um morador, mais precisamente o Duque Ransom.
"Ah mas eu vou perceber que você está aqui. Não existe castelo grande o bastante para evitar que um homem como eu não repare em uma mulher como você." pág. 37

Histórias de romance, principalmente romance de época, não tem muito o que contar pois o final é esperado e a maioria já sabe, e seus enredos praticamente são parecidos. Pensou que Tessa Dare iria seguir esse caminho? Só que não. A autora mais uma vez comprovou que suas tramas possui detalhes diferenciados, personagens diferenciados que fazem com que ela se destaque no mercado.

Ransom  sofreu um acidente que deixou seu rosto cheio de cicatrizes e cego. Com uma criação sem carinho, não acreditando no amor, ele vê a entrada da nossa protagonista no seu castelo até então como uma ameaça. Desde seu acidente, o Duque não sabe o que é convívio com uma pessoa e principalmente com uma mulher. Vemos durante a trama uma verdadeira batalha entre o coração, a mente, o que lhe foi passado e o que ele poderia adquirir.
"Ela estava sozinha há muito tempo. Em certo sentido, desde muito antes de seu pai morrer. E ela conhecia bem a solidão para entender que a pior parte não era não ter alguém para cuidar de você - mas não ter ninguém de quem cuidar." pág. 96

Paralelamente temos a Izzy, que é uma menina sonhadora, todavia com o pé no chão. Vivendo uma vida difícil, sem teto, passando fome, com apenas algumas roupas e algumas moedas, ela vê a vida sorrindo para ela quando herda esse castelo. Porém um grande mal entendido faz com que ela tenha que conviver com o nosso protagonista que é totalmente o oposto dela. E mais um detalhe: a história mais vendida, e única, do seu pai tem como personagem principal ela. Então Izzy sempre fingiu ser uma pessoa que não era, para não manchar a imagem do seu pai e da personagem fictícia. 

Duas pessoas que tinham tudo para dar errado, duas pessoas que tem passados, presentes, cicatrizes aparentes ou não que fazem serem arredias, duas pessoas que onde menos se esperam encontram o amor. E isso é o ponto chave da história. Temos muitos altos e baixos, brigas, desentendimentos, reconciliação mas principalmente amor. Duas almas que poderíamos considerar quebradas, se juntando. 
"O lugar dela não era naquele castelo, onde se esconderia pelo resto da vida até murchar e virar pó. Esse era o destino dele, não dela." pág. 117

É fascinante, fluida e leve a escrita. Aviso que tem cenas +18 que infelizmente para quem não gosta, não se consegue dissociar da narrativa. Com pontos de vistas alternados entre os dois principais, entramos na cabeça e na personalidade de cada um, vendo como é florescido esse amor. Também foi fundamental para conhecer um pouco mais de cada e ver que eles se complementavam.

Mais uma vez tenho que elogiar muito a edição da Gutenberg, capa, vestido, a modelo que está presente que se encaixa perfeitamente no que nos é descrito. E tem também a diagramação que é cheia de detalhes, exímia e nos mostra o cuidado que a editora teve. Não achei nenhum erro de edição, o que me alegrou muito e espero continuar a série assim, com altas expectativas. 
"Ele tinha aprisionado naquele castelo para apodrecer. Ele tinha cortado todos os laços com o mundo exterior. E bem quando ele pensava ter queimado todas as pontes, essa mulher — essa mulher impossível, doce e tola — apareceu, decidida a atravessar o fosso a nado. A romper suas defesas. A criar um lar. Ficar." pág 194

E vocês já leram Tessa Dare? Deixa nos comentários (;

27 comentários :

  1. Olá
    Não gosto muito de romances de época, especialmente porque não gosto da formula, mas acabei gostando dos personagens desse livro, fiquei com vontade de conhecer um pouco mais da história deles

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu acho que é justamente os clichês dos romances de época que os fazem serem tão populares, eu mesma adoro! Pois, sei que não importa quantas reviravoltas o livro tenha, sempre vai ter um final feliz e provavelmente doce. Ainda não li nada dessa autora, mas não por falta de interesse, porque morro de curiosidade de ler algo dela, pois falam super bem de seus livros.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii Ana, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, não sou muito chegada em romance de época, mas acho sempre essas capas lindas e encantadoras!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tenho os dois primeiros dessa série. Eu amo a Tessa. Mas ainda não consegui ler este livro por falta de tempo, mas espero logo pode. Sua resenha só me deu mais vontade aí dá de ler parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ana.
    Estou com um livro da Tessa Dare em meu celular para ler. Depois de tantos elogios que eu li na blogosfera a respeito da autora é impossível não pegar um livro dela para ler.
    Estou bem ansiosa para realizar a leitura do livro dela e espero não decepcionar-me.
    Tenho que concordar com você, essa capa está linda, adorei esse tom de vermelho, a editora arrasou!

    ResponderExcluir
  6. Adoro Tessa Dare ainda não li essa série. Mas amei a Spindle Cove e essa ta na meta das próximas leituras.
    Adorei seu cantinho.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. OOi!
    Eu sempre digo isso, mas gosto de repetir. Antes eu odiava romances de época, mas olha só, nem mesmo tinha lido algum. Quando resolvi ler pela primeira vez (O Duque e Eu - Os Bridgertons) me apaixoneeei pelo gênero.
    Enfim, agora,amante de romances de época, claro que me encantei pela premissa do livro. Vejo que Izzy irá, até que enfim, viver seu conto de fadas. Dica ANOTADÍSSIMA!!
    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai, muito lindo esse livro, né? Eu amei demais!!
    Também gosto muito da escrita da Tessa e já estou com o segundo livro em casa, mas ainda não li.
    A capa ficou show mesmo! Essa editora é demais. Adorei saber que também curtiu esse casal.

    ResponderExcluir
  9. Olá, não sou fã de romances de época, mas fiquei encantada com o enredo e super curiosa para conhecer a escrita da autora. Fiquei imaginando a história da Izzy, que decepção se deparar com a realidade! Ainda bem que ela encontra esse duque no castelo. Dica anotada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Interessante saber que a autora não cai no lugar comum e consegue instigar ainda mais o leitor unindo o romance de época, um bom enredo e boas cenas de erotismo. Não conhecia o livro, mas é uma boa pedida. ótima dica. Também acho importante a edição ter sido bem revisada. Isso valoriza o livro.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  11. Esse é um dos meus gêneros literários preferidos e estou louca para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Já quero ler este livro! Amei a premissa e o fato de ter cenas +18 não me importa, eu gosto!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Aim eu não entendo por que esses livros de época escritos por autoras contemporâneas não me atraem nem um pouco!
    Todo mundo fala bem e eu fico aqui à margem. =(

    ResponderExcluir
  14. Lendo a sua resenha me lembrei de O Fantasma da Opera! <3 Você já assistiu!?
    Assim como no livro o personagem apresenta várias cicatrizes no seu rosto e vive escondido. Sei que a histórias são diferentes, mas me foi impossível não recordar da história agora e da mocinhas que acabamos conhecendo.
    Obvio que quero conhecer a escrita da Tessa, amo livros de romance de época e será legal ler um que carrega um diferencial! <3

    ResponderExcluir
  15. Eu concordo com você, os romances de época são muito parecidos, todos com o mesmo perfil, histórias semelhantes, confesso que esse é um dos grandes motivos de minha desanimação em lê-los.

    ResponderExcluir
  16. Olá =) A resenha está um arrasou. Mas dessa vez eu passo a dica. Não sou muito fã de romance de época. E não curto cenas para + de 18 em livro nenhum. Beijos'

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho os 4 livros lançados até agora. Minha mãe já leu todos. Estão na minha meta pra 2017. Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Amo romances de época e pretendo conhecer a escrita dessa autora em breve, apesar de não saber se vai me agradar muito essa parte Hot do livro, vou dar uma chance. Espero gostar.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  19. Olá Ana, tudo bem?

    Apesar da capa ter me atraído e a sua resenha ter ficado muito boa, esse romance de época não me atraiu, é raro eu gostar de algum romance de época. De qualquer forma obrigado pela dica. Por fim, eu confesso que não conhecia esse livro.
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Ola,
    Sempre tive vontade de ler romances mais medievais mas nunca sabia por onde começar. Conheci a Tessa ha algum tempo atrás e me interessei mt pelo trabalho dela, ainda mais depois da sua indicação! Obg,

    Att,

    Tiago Valente ( http://avidalida.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  21. Eu estava até gostando do enredo, os personagens foram bem construídos e tudo mais, e até que... tem cenas de sexo. Por quê 90% dos livros de hoje tem que ser assim? Gosto da capa deste livro e a escrita da autora parece ser deliciosa para ler, mas cenas quentes, não dá.

    ResponderExcluir
  22. Oii, gostei muito da sua resenha e acredita que ainda não li nada dessa autora? Bom já vi muitos livros dela e muitos leitores que gostam da escrita. E confesso que estou bem curiosa para começar a ler os livros dela. Gostei muito dessa história e estou bem curiosa para saber como tudo vai acontecer.

    beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Morro de vontade de ler essa história e a série inteira, já que sou apaixonada por romances de época e esse aborda também a deficiência visual do protagonista e, creio eu, todas as dificuldades que vem com ela. Adorei as suas considerações e com certeza vai entrar para a minha lista para comprar!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. Oi Ana! Tudo bem?
    Sou suspeita para falar. Amo romances de época e Tessa Dare está entre as minhas autoras favoritas. Esse livro amei e ri muito com ele! Foi o primeiro da autora que li e super indico a leitura! Parabéns pela resenha1 Bj

    ResponderExcluir
  25. confesso que apesar dos detalhes diferenciados que a autora usa para compor sua narrativa, não me sinto inclinada a ler, saturei do gênero... até os clássicos ando evitando ultimamente... =T
    masa,legal que a leitura foi ótima pra vc... espero que continue se surpreendendo com a escrita de Tessa...
    bjs...

    ResponderExcluir
  26. Oiii!!!

    Eu amo esse estilo mas infelizmente não tive oportunidade de ler nenhumma obra dela ainda que pena.
    Adorei saber que ela tem um diferencial das obras do gênero. A resenha está bem escrita!!

    Parabéns!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Oie!
    Eu iniciei a leitura desse livro, mas parei na metade e na época não kembro o porquê. O incio para foi maçante, mas a Tessa tem uma pegada bacana. Acredito que vou continuar a leitura, principalmente porque parei na metade.

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)