29 de dez de 2016

Retrospectiva 2016 | Melhores Leituras de 2016

Por fim e por último temos o top 4 de melhores leituras. Essa com toda certeza foi a mais difícil escolha porque esse ano foi muito produtivo no quesito livros bons. Então foi complicado escolher quatro e por isso "roubei" um pouco e coloquei 7 (só um pouco a mais, rs). Muitas séries foram acabadas, outras iniciadas, livros únicos, livros que se completam, por isso com o total de 86 livros lidos (até o fechamento desse post) foi um número muito bom comparado com ano passado (em torno de 50). A meta era 100, mas a faculdade não deixou. Vamos deixar de enrolar e mostrar a lista!?

7. Uma Semana Para Se Perder - Tessa Dare

Uma das melhores, se não a melhor autora de romance de época que descobri esse ano. Seus livros possuem todas as características necessárias para ser uma das minhas leituras favoritas: desde romance até sarcasmo. Por isso foi até difícil a escolha de qual livro dela iria colocar nesse top 7, porém o diferencial de Uma Semana Para Se Perder foi a questão do casal ter me tocado mais. Lido no início do ano, foi o que me fez deslanchar nas leituras do gênero esse ano e que me marcou. Minerva e Colin mereciam estar aqui.


6. Lick - Kylie Scott


Tentando ser bastante eclética na medida do possível, um dos eróticos/romance que mais me agradou esse ano com certeza foi Lick. Lidando com integrantes de bandas, foi uma boa surpresa ler e ver que a história foi muito mais além do que se esperava, muito mais do que já se é perpetuado no mercado. Parece clichê mas não é. Mereceu com certeza esse sexto lugar.



5. O Ar que Ele Respira - Brittainy C. Cherry

O que dizer de um romance que mais mexeu com você esse ano? Brittainy parece que tem a mágica que te faz apaixonar pelos personagens e pela história. Não foi diferente com O Ar que Ele Respira. Um romance que te puxa, te pega, te faz chorar, rir e você não esquece. Foi um dos poucos romances que me tocaram realmente esse ano, e olha que li 3 livros da Colleen Hoover. Então era mais um merecido para estar aqui, agora no quinto lugar. 

4. Lírio Azul, Azul Lírio - Maggie Stiefvater

Não se tem melhores leituras do ano sem ter Maggie Stiefvater. Acho que quem acompanha o blog está cansado de ler sobre ela, mas tem escritas que te agradam e tem escritas que te tocam. Ela está na segunda categoria. Com um exímio de me prender, Lírio Azul, Azul Lírio é para mim o melhor livro da série Os Garotos Corvos. Temos a entrada de novos personagens, a ambientação para o final da série, e principalmente o ponto alto da aventura. Também uma leitura feita no início do ano, foi um dos livros que mais me deixou com expectativa para o último. Não esqueço de todo o sentimento que ele me passou, do shipper entre Gansey e Blue e por isso ele está aqui. 

3. Dama da Meia Noite - Cassandra Clare

Cassandra Clare é uma das autoras mais emblemáticas que já tive. Adoro essa mulher. Repito, adoro essa mulher, mas esse ano ela me fez passar num carrossel de emoções. Com um dos seus livros em piores leituras (post aqui), quando cheguei e comecei Dama da Meia-Noite eu me perguntei se foi a mesma pessoa que escreveu. Com um amadurecimento nato, a autora nos trouxe novos personagens, num mundo já conhecido por nós, que já te cativam no mesmo instante. É bem gritante essa diferenciação com Instrumentos Mortais que até no primeiro momento te choca. E me fazer quase engolir um calhamaço em menos de 2 dias não é para qualquer um. Por isso esse terceiro lugar.

2. Six Of Crows - Leigh Bardugo

Leigh Bardugo estar aqui também não é outra surpresa. Desde 2015 quando li sua trilogia Grisha me vi presa em uma das fantasias épicas mais diferentes. Alguns pontos podem incomodar certos leitores, mas que de modo geral agrada quem lê. Eu praticamente virei fã, e desde que soube ano passado que ela iria lançar mais livro sobre esse mundo, fiquei aguardando a chegada dele no Brasil. Não foi para menos que quando li, além de estar com as expectativas já em altas, a leitura me agradou demais. Com personagens carismáticos, com plot twist utilizados de maneira correta, Six Of Crows foi uma das minhas melhores leituras desse ano. Lido agora no final do ano, em Setembro, foi uma das leituras que me fez entrar em ressaca literária bem forte. É uma série que mais aguardo sua continuação em 2017. Não é surpresa ela estar aqui, mas é surpresa ela estar em 2° lugar.

1. Outlander, A Viajante do Tempo - Diana Gabaldon

Não tinha como encaixar outro livro além de Outlander como melhor leitura do ano. Vício na série, vício nos livros, vício nos personagens, Outlander veio como um objeto onde mistura praticamente tudo que eu gosto. Desde fantasia, a aventura, a romance de época, a fatos históricos, essa leitura me fez ver a literatura de outra forma. É um calhamaço enorme, mas que tem uma fluidez como poucos livros lidos, ao meu ver. Gosto é uma coisa tão mais amplificada em literatura, que as opiniões podem divergir e muito. Diana fez um mundo em que tem a porta de entrada, contudo esqueceu de fazer a de saída. Hoje eu vivo e adoro tudo que encontro lá dentro. Por isso mais do que merecido esse pódio.

É isso, essas foram minhas melhores leituras de 2016, e termino o ano com um sorrisão no rosto de que foi um ano muito produtivo. Ano que tomei coragem e criei o blog, ano que conheci minhas melhoras amigas literárias, ano que conheci autores novos, me apaixonei por novos gêneros, relembrei velhos conhecidos e que principalmente foi recheado de coisas boas. Espero que ano que vem seja assim também e enfim consiga bater minha meta pessoal de 100 livros. Esse é o fim da retrospectiva, espero que tenham gostado e até ano que vem, já que esse é o último post do ano. Beijos e Feliz 2017 (adiantado).

Resenhas: Uma Semana Para Se Perder, Lick, O Ar Que Ele Respira, Dama da Meia-Noite, Six Of Crows e Outlander

26 de dez de 2016

Retrospectiva 2016 | Piores leituras de 2016

E chegamos a piores leituras do ano. Achei bem fácil fazer essa lista, afinal não tive muito o que reclamar das minhas leituras esse ano, então ficou ligeiramente rápido fazer o top 4. Vamos lá?

4. Instrumentos Mortais, Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare


Sabe aquele série que não devia ter continuação, mas tem? Sim, estamos falando de Instrumentos Mortais. Queria deixar claro que sou fã da Cassandra Clare, mas esse quarto livro não me agradou. Em vez de inovar e trazer novos personagens, nova aventura, Cassandra apostou no mesmo e isso me fez ver que não era tão necessário essa continuação. Claro que no Cidade do Fogo Celestial fez tudo valer a pena, porém considero ainda uma das minhas leituras mais fracas do ano.

23 de dez de 2016

Retrospectiva 2016 | Maiores Surpresas

Assim como temos nossas decepções, temos aqueles livros que não esperamos nada, ou já esperamos e ela se concretiza. Estamos falando das maiores surpresas de 2016. Também feita em TOP 4, selecionei aqueles livros de séries que veio e me pegaram ou aqueles que na surpresa vieram e ficaram. Vamos lá?

4. Mar da Tranquilidade - Katja Millay












Sabe aquele romance que te pega, puxa, te revira e quando você vê já está completamente apaixonada por ele? Foi Mar da Tranquilidade. Comprado no ano passado na Bienal do Rio porque uma das minhas autoras favoritas tinha falado em entrevista que gostava dele, não achei que eu iria me apaixonar tanto. Nunca tinha procurado saber mais da história, nem resenhas por isso a medida que fui lendo e vi as coisas acontecerem, só me vi cada vez mais apegada a Nastya e ao Josh. E ao terminar só me via debulhada em lágrimas. São livros assim que nos marcam, você não espera nada e ele vem e te traz grandes lições de vida. Resenha dele aqui.

20 de dez de 2016

Retrospectiva 2016 | Maiores decepções de 2016

Com o final do ano próximo e quase nenhuma leitura a vista, resolvi fazer uma retrospectiva de todas as leituras do ano, classificando em maiores decepções, piores leituras, surpresas do ano e melhores leituras de 2016. Serão divididos em 4 postagens, onde cada post falará sobre uma categoria. Vamos lá?

Sempre tem aquele livro que está numa hype, que todo mundo fala bem, que é continuação de uma série que você gosta e está com altas expectativas, porém quando você vai ler, vem aquela decepção. Um personagem morre, a autora muda o rumo que você imaginava para um pior, não acontece aquele romance que você queria entre outras razões. E durante o ano não fui imune a esse tipo de leitura. Por isso selecionei meu top 4.

4. O Descompasso Infinito do Coração - Bianca Briones

O que dizer de um livro que tinha tudo para ser uma das melhores continuações de uma série!? Estava com grandes expectativas para o livro do Bernardo, afinal ele me encantou desde quando apareceu de relance no antecessor, porém quando chegou a história dele e a medida que as páginas avançava, veio aquela sensação de que faltou algo. Não é a escrita da autora, muito menos o enredo que ela faz, porém o que me fez decepcionar um pouco foi a personalidade dos protagonistas. Acho que faltou um "tcham" que me fizesse conectar mais com eles. Já com As Batidas Perdidas do Coração e A Escolha Perfeita do Coração, são leituras que fluiram muito e que amo. Então essa eu não coloco tanto na conta da Bianca, mas talvez as personalidades que não me cativaram. A resenha dele tem aqui.

17 de dez de 2016

Resenha - Romance Com o Duque

Livro: Romance Com o Duque #1
Série: Castles Ever After
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática. A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai. Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida. Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa. Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque".

Ler Tessa Dare é como voltar na época descrita e querer viver o romance escrito. Sua segunda série, Castles Ever After me conquistou assim como Spindle Cove. Cada vez mais ela confirma porque a escolhi como minha autora favorita do gênero.

14 de dez de 2016

Resenha - O Rei Corvo

Livro: O Rei Corvo #4
Série: Os Garotos Corvos
Autora: Maggie Stiefvater
Editora: Verus 
Páginas: 378
Gênero: Fantasia/Romance

Sinopse: "O aguardado volume final da Saga dos Corvos, uma conclusão espetacular à história mítica e sombria criada por Maggie Stiefvater. Nada que está vivo é seguro. Nada que está morto é confiável. Há anos Gansey iniciou uma jornada para encontrar um rei perdido. Um a um, ele atraiu seus amigos para essa missão: Ronan, que rouba coisas de sonhos; Adam, cuja vida já não é sua; Noah, cuja vida não é mais vida; e Blue, que ama Gansey... e tem certeza de que está destinada a matá-lo. O fim já começou. Sonhos e pesadelos estão convergindo. Amor e perda são coisas inseparáveis. E a busca pelo rei se recusa a ser fixada em um caminho. A busca pelo rei adormecido vai chegar ao fim em Henrietta — mas não sem perdas, desejos, revelações e uma verdade brutal. Com O rei Corvo, Stiefvater conclui uma verdadeira obra-prima."

Termino Garotos Corvos com uma sensação estranha. Alívio porque certas situações que eu queria aconteceram, decepção porque outras situações saíram completamente do que esperava e a sensação que a Maggie podia ter feito melhor, não passa. Os Garotos Corvos ainda é a melhor série de fantasia que já li. Nenhum grupo me tocou tanto como Blue, Gansey, Adam e Ronan e isso só já vale pela aventura toda. Com desfechos surpreendentes, mesmo não sendo o desejado, O Rei Corvo deu fim a uma história belíssima.

11 de dez de 2016

5 séries para ler em 2017

Ano acabando, sua meta não sendo batida, mas leitor que é leitor já está pensando nos próximos livros que irá ler. E como sou uma leitora fervorosa de fantasia, é meio óbvio que sempre existirá série de livros para ler. Por isso resolvi listar 5 séries que não posso deixar de ler em 2017. Vamos lá?

Coleção Deuses do Egito


8 de dez de 2016

Resenha - Novembro, 9

Livro: Novembro, 9
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 352
Gênero: Romance/New Adult

Sinopse: "Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?"

Colleen tem na sua escrita, a fórmula de me cativar e fazer ler seus livros em menos de um dia. Com o recorde de 6 horas, Novembro 9 não entra para meu ranking de favoritos da autora, mas é uma ótima história que nos toca e faz pensar em o que nossas ações podem levar.

4 de dez de 2016

[TAG] dos Títulos

Pensaram que eu não ia voltar mais com TAG's? Mas voltei. Essa consiste em responder à 5 perguntas com livros disponíveis na minha estante. Não fui tageada por ninguém, porém a vi no blog do Livrai-nos. Vamos lá?

1. O título mais longo de um livro que você tem.

A Mulher Que Roubou a Minha Vida - Marian Keyes

Foi difícil escolher somente um porque vários na minha estante tem títulos grandes, inclusive os do Harry Potter. Harry Potter 3, 5, 6 e 7 empataram com o livro da Marian Keyes, contudo resolvi escolher ele porque ele é o mais diferenciado na estante e todos já conhecem a história do bruxinho.

30 de nov de 2016

[TAG] Hábitos de Leitura

E a enxurrada de TAG's chegou, junto com o final do período. Sem tempo de ler nem bula, vamos fazer essa que encontrei no blog Books and Carpe Diem para não deixar vocês sem nada. Esta consiste em responder algumas perguntas sobre meus hábitos de leitura. Vamos lá?



1. Quando você lê? Manhã, tarde, noite, o dia inteiro ou quando tem tempo?

R: Com faculdade ativa apenas quando tenho tempo. Infelizmente ela é integral no seu horário e ainda tenho que tirar algum tempo para estudar em casa. Já nas férias tenho hábito de noite para madrugada. São os melhores horários afinal eu prefiro ler no silêncio.

24 de nov de 2016

Resenha - E Viveram Felizes Para Sempre

Livro: E Viveram Felizes Para Sempre #9
Autora: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons
Editora: Arqueiro
Páginas: 255
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Alguns finais são apenas o começo... Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza. Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro

Reviver as histórias da família Bridgerton é sempre como abrir um baú da saudade que com certeza você terá risadas e choros. E com E Viveram Felizes Para Sempre foi assim. Prepare seu coração para ler novamente sobre cada filho e filha, e um próprio epílogo da Violet. Porque emoção com eles, nunca é demais.

21 de nov de 2016

5 livros para ler ainda em 2016

O ano está acabando mas sempre tem aqueles livros que você precisa ler antes de virar 2017. Por isso listei 5 livros (apesar da lista está maior) que desse ano não pode passar. Todos eles já possuo na minha estante.

E Viveram Felizes Para Sempre, Julia Quinn

Enfim posso dizer adeus para Os Bridgertons. Já estava ansiosa para o lançamento desse livro, então o adquiri o mais rapidamente. Espero ler ainda esse porque retornar para essa família é sempre colocar um sorriso no rosto. Necessito ler.

18 de nov de 2016

Os 7 Autores mais Lidos da minha Estante

Hoje é dia de conferir quais autores mais lidos tenho na minha estante. Confesso que quando gosto da escrita de um autor, é bem provável que eu vá ler todos os livros lançados por ele no Brasil. Por isso desisti de fazer top 5 ou top 3 porque muitos deles estão empatados com o número de livros lidos. Vamos lá conferir?

P.C. Cast e Kristin Cast : 10 livros lidos



Não seria diferente, afinal House Of Night fez parte da minha adolescência e uma das minhas primeiras leituras opcionais. Na época cheguei a ler os 10 primeiros, faltando apenas os 2 últimos para terminar a série. Hoje estou com um projeto de releitura da série e parei no 3° livro. Espero que consiga dar continuidade para enfim termina e saber com quem Zoey irá ficar.

15 de nov de 2016

Resenha - Espera

Livro: Espera #2
Autora: Maggie Stiefvater
Série: Os Lobos de Mercy Falls
Editora: Agir Now
Página: 360
Gênero: Fantasia/Romance
Sinopse: "Em Espera, Grace e Sam devem lutar para ficar em juntos. Para ela, isso significa desafiar seus pais e manter um segredo muito perigoso a respeito de seu próprio bem-estar. Para ele, isso significa lutar contra seu passado de lobisomem... e descobrir uma maneira de sobreviver no futuro. Adicione a essa mistura um novo lobo chamado Cole, cujo passado tem o potencial de destruir toda a matilha, e Isabel, que já perdeu seu irmão para os lobos, e, apesar disso, se sente atraída por Cole."

Quando você espera que a Maggie não possa te surpreender mais, ela vem e coloca tudo no chão. Espera, segundo livro da série Os Lobos de Mercy Falls, vai falar novamente da Grace e do Sam mas agora com ele somente no corpo humano. Após os acontecimentos finais de Calafrio, ele terá que aprender a lidar com um futuro que até antes não planejava, a ter que lidar com os pais e seu relacionamento amoroso e com o fato de que agora o bando não tem mais Beck como líder e sim ele. Paralelamente a isso, temos que a Grace está ficando doente e não sabe o que está lhe acontecendo. A única coisa que consegue pensar é que isso lhe afastará de Sam e isso ela nunca quer. Será capaz dos dois lidarem com isso junto? E a doença da Grace, é uma coisa grave ou não?

12 de nov de 2016

Resenha - Calafrio

Livro: Calafrio #1
Série: Os Lobos de Mercy Falls
Autora: Maggie Stiefvater
Editora: Agir Now
Páginas: 344
Gênero: Fantasia/Romance
Sinopse: "O frio. Grace passou anos observando os lobos no bosque próximo à sua casa. Um deles, um belo lobo de olhos amarelos, a observa também. Ele parece familiar, mas ela não sabe por quê. O calor. Sam vive duas vidas. Como lobo, ele é um companheiro silencioso da garota que ama. E, por um curto período a cada ano, ele é humano, embora nunca tenha coragem suficiente para falar com Grace… até agora. O calafrio. Para Grace e Sam, o amor sempre foi mantido a distância. Mas, uma vez revelado, não pode ser negado. Sam precisa lutar para continuar humano, e Grace precisa lutar para ficar ao seu lado — mesmo que isso signifique enfrentar os traumas do passado, a fragilidade do presente e as impossibilidades do futuro."

Ler Maggie Stiefvater sem esperar surpresas não existe. Calafrio nos vai contar a história de Grace, uma garota que aos 11 anos foi atacada por lobos no quintal da sua casa. Ao ser atacada, um desses lobos com olhos expressivos amarelos, lhe chamou atenção. Ele foi o responsável por salvar sua vida. 6 anos depois desse incidente, Grace desenvolveu uma paixão pela alcateia e mais especificamente por esse lobo de olhos amarelos que sempre está perto do seu quintal. Ao supostamente eles serem responsáveis por uma morte na cidade, os homens e o pai dela decidem caçá-los e matá-los e ao se dar conta que pode perder o lobo que se afeiçoou, Grace tenta impedir que essa matança ocorra. O que ela não esperava é que fosse encontrá-lo na varanda de sua casa e em forma humana.

9 de nov de 2016

Resenha - Sociedade da Rosa

Livro: Sociedade da Rosa #2
Série: Jovens de Elite
Autora: Marie Lu
Editora: Rocco
Páginas: 336
Gênero: Fantasia
Sinopse: "Sociedade da Rosa é o segundo volume da saga de fantasia medieval Jovens de Elite e mostra a jovem Adelina Amouteru com sede de vingança. Depois de ser renegada pela família, ela é traída por aqueles em quem confiou, e parte em busca de outros malfettos — sobreviventes da febre do sangue que, como ela, possuem dons fantásticos —, para formar um exército próprio e combater a Inquisição do Eixo. Mas o ódio e o medo que a alimentam podem levá-la por caminhos perigosos, e uma oferta tentadora vai testar a verdadeira natureza dos seus poderes e de sua personalidade. Uma sequência de tirar o fôlego para uma saga épica."

Adelina após fugir de Kenettra jura vingança A Inquisição - os soldados  que matam malfettos - aos Punhais que expulsaram ela do grupo e a Teren, responsável pela morte do Enzo. Para isso ela vai atrás de novos Jovens de Elite para que então possa formar uma equipe junto com sua irmã. Paralelamente temos a rainha de Beldain querendo tomar Kenettra se aproveitando da morte do Rei e com a ajuda dos Punhais. Esses dois caminhos irão se cruzar e uma guerra pelo trono que até então não se era esperada, pode acontecer. Será capaz de Adelina conseguir se manter sã com a escuridão lhe tomando e conseguir tudo que ela quer? Ou a rainha Beldain vai enfim se aproveitar dos últimos Punhais e tomar Kenettra?

6 de nov de 2016

[TAG] Gêneros Literários

Olá pessoas, tudo bem? Vi essa tag no Amiga Loucas por Livros e resolvi postá-la. Vamos lá? Ela consiste em responder 4 perguntas rapidinhas sobre gêneros literários.



3 de nov de 2016

Resenha - O Professor

Livro: O Professor #1
Autora: Tatiana Amaral
Editora: Pandorga
Páginas: 420
Gênero: Erótico/Romance
Sinopse: "Charlotte Middleton é mimada e infantil. Uma garota rica, cheia de vontades e com um único objetivo de vida: ser uma grande escritora. Estudante prestes a se formar com honras em Letras e Literatura, ela se depara com um grande problema: O professor Alex. E então seus sonhos são despedaçados quando Alex Frankli, seu professor e orientador, resolve reprová-la no seu último semestre. O motivo? Ela não sabia descrever os sentimentos corretos para seus personagens. Ela só queria aprender. Ele só queria ensiná-la. Um jogo eletrizante onde Alex exerce a real função de professor e ensina a Charlotte a fórmula certa para cada sensação de prazer.  Ele vai ensinar. Ela vai aprender."

O Professor nos traz a história de Charlotte, uma menina de 21 anos que cursa Letras/Literatura no Rio de Janeiro. Já na fase final do curso, seu trabalho de conclusão é escrever um livro de uma temática que está em alto no momento, que é o erótico. Todavia, ao passar seu livro finalizado ao seu orientador, Alex Frankli, ele a reprova pelo fato de achar que sua situação com o sexo é muito fantasiosa. Querendo a todo custo terminar o curso e ser aprovada com excelência, ela vai atrás dessas experiências para conseguir transmitir mais realidade a sua história, afinal ela é ainda virgem e não sabe como são essas reações. Desesperada e querendo acabar com isso de uma vez por todas, ela pede para o Alex que ajude ela nessas situação. O que eles não esperavam é que talvez pudesse acontecer mais do que apenas aulas. 

1 de nov de 2016

[TAG ] Séries

Temos mais um TAG no canal? Temos sim senhor, mas essa é um pouco diferente afinal vai falar de um outro vício meu que se chama: séries. Vista no blog Sugestões de Livros resolvi pegá-la para fazer. Vamos lá?

1- Qual é sua série favorita de todos os tempos?


Gossip Girl. Chuck e Blair fizeram um dos casais que eu mais amei em todas as séries possíveis. Se pudesse, todo ano queria revê-la. É uma série que pode parecer que é de um assunto fútil, porém quando você vê já está vidrado nela.

29 de out de 2016

Resenha - Traída

Livro: Traída #2
Autora: P.C. Cast e Kristin Cast
Editora: Novo Século
Páginas: 331
Gênero: Fantasia/Sobrenatural/Romance

Sinopse: "No segundo volume da série House of Night, Zoey se acostuma com a House of Night e sabe que foi abençoada com vastos poderes, mas quando começa finalmente a sentir-se integrada entre os amigos e é escolhida para líder das Filhas Negras, o impensável acontece: a House of Night é acusada de mortes misteriosas de alguns adolescentes humanos. Quando a tragédia chega à Morada da Noite, a jovem precisará de coragem para enfrentar a traição que ameaça o seu coração, a sua alma… e o próprio mundo que a acolheu. Nesse segundo livro da série House of Night depare-se com novos mistérios, surpreendentes emoções e muita sensualidade."

Traída é o segundo volume da série House Of Night. Após Zoey Redbird se torna a líder das Filhas e Filhos das Trevas e sua marca ser mais expandida, ela está querendo uma vida "normal" dentro da Morada da Noite. Porém como nada é como ela quer, está acontecendo algumas mortes de humanos e pessoas que conviviam com ela na sua vida humana. Além disso os fantasmas que ela viu no muro lesta da sua escola, voltaram a parecer. Zoey terá que lidar com tudo isso e tentar desvendar ainda o que Nyx quer com ela. Será que ela é capaz?

27 de out de 2016

[TAG] Livros em Fatias

Hoje vou responder uma TAG que vi lá no blog Praxe Literária que é a Livros em Fatias, onde consiste em escolher um livro conforme a descrição de cada pedaço do bolo. Vamos lá?

1º pedaço: O mais gostoso de todos eles, aquele que você come primeiro com os olhos – Um livro que você comprou pela capa.

Raramente compro livro por capa até porque quando vejo a capa e se ela tem algum elemento que eu gosto, leio a sinopse e dali já decido se vale à pena ou não. Porém encaixando aqui dá para colocar A Maldição do Tigre da Colleen Houck. Acho a capa magnífica, não só ela, mas a da coleção toda e com certeza sempre que vejo ela na estante dá um orgulho de conhecer e ter lido. Ela transmite exatamente o que o livro é: uma aventura fantástica.

18 de out de 2016

Resenha - Marcada

Livro: Marcada #1
Série: House Of Night
Autora: P.C. Cast e Kristin Cast
Editora: Novo Século
Páginas: 307
Gênero: Fantasia/Sobrenatural
Sinopse: "No primeiro volume da série House of Night, começa com a protagonista Zoey Redbird, que era uma garota comum, de 16 anos, até ser marcada pela Deusa Nyx. Esse mundo é igualzinho o nosso, mas os vampiros existiam desde antigamente e conviviam pacificamente com humanos até agora. A partir daí, sua vida muda completamente e ela tem que ir morar na House of Night, porque se não, seu corpo pode rejeitar a transformação, e ela irá morrer. Porém, ela era diferente dos outros calouros (vampiros antes de completar a transformação), pois sua marca de lua crescente era completa, e tem uma estranha conexão com a Deusa Nyx. Zoey vai descobrir que mesmo não sendo mais humana, sua vida estará longe de ser fácil, pois terá que aprender a controlar poderes que nem sabia que tinha, mas agora, com novos amigos e uma nova vida a apoiando. O que ela não conta é com um novo inimigo misterioso e poderoso, que está mais próximo do que Zoey imagina."

Eu lembro que quando li pela primeira vez o livro tinha 12 anos. Então passados 8 anos, meu tipo de leitura se modificou, eu amadureci, cresci e pela série ter 12 livros nunca tinha terminado. Com o último lançado em 2015, resolvi comprar e enfim reler a série. O receio de não gostar era muito grande afinal ler um livro feito para adolescente já adulta além de não dar certo, poderia me fazer esquecer aquele sentimento de gostar da série pelo que eu me lembrava. E a surpresa veio.

11 de out de 2016

[TAG] Livros Autografados

Quando bateu aquela saudade de correria atrás de autógrafo, resolvi fazer essa TAG, afinal alguns deles tem histórias e mais histórias para falar. Vamos lá?

1. Livros de autores da sua cidade ou estado.


Para essa pergunta escolhi dois: a trilogia Não Pare! da FML Pepper e o livro Ela disse, ele disse da Thalita Rebouças. A primeira conheci em 2015 quando ela começou a publicar pela Valentina. Foi paixão a primeira vista, afinal é fantasia, e a autora é um FOFA. Sério, nunca vi pessoa mais simpática e com um sorriso tão sincero como a FML. Thalita Rebouças nem tenho muito o que falar né? Afinal o carisma e as risadas dela chegam primeiro. As duas conheci em bate papo realizados em eventos aqui.

8 de out de 2016

Resenha - Trono de Vidro, Coroa da Meia-Noite

Livro: Trono de Vidro, Coroa da Meia-Noite #2
Série: Trono de Vidro
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Gênero: Fantasia
Sinopse: "Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão das Minas de Sal de Endovier. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre — e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas. A princesa Nehemia acaba se tornando uma conselheira e confidente, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor castelo de vidro estão cada vez mais próximas. Quando menos se espera, uma trágica noite mudará a vida de todos no reino, e mais do que nunca Celaena quer descobrir a verdade para fazer justiça."

Coroa da Meia-Noite foi um dos livros mais turbulentos com relação a minha opinião com a obra toda, afinal a história teve nuances de altos e baixos e um romance que não caiu no meu gosto: Chaol e Celaena.

5 de out de 2016

[TAG] Conhecendo Novos Blogs

Fui marcada esse mês para fazer responder essa TAG pela Leitura Descontrolada, e como sempre adoro fazer esse tipo de post, aceitei. Ela será bem longa por isso conto com a curiosidade de vocês para ler até o fim. Prontos?


A TAG tem o intuito de conhecermos novos blogs que estão surgindo, mas também outros blogs que já estão algum tempo no mercado, porém se enquadram nos quesitos exigidos. Vamos as regrinhas para indicação e respostas. 

27 de set de 2016

Resenha - Six Of Crows, Sangue e Mentiras

Livro: Six Of Crows, Sangue e Mentiras #1
Série: Six Of Crows
Autora: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Páginas: 376
Gênero: Fantasia
Sinopse: "A Oeste de Ravka, onde Grishas são escravizados e envolvidos em jogos de contrabandista e mercadores fica Ketterdam, capital de Kerch, um lugar agitado onde tudo pode ser conseguido pelo preço certo. Nas ruas e nos becos que fervilham de traições, mercadorias ilegais e assuntos escusos entre gangues, ninguém é melhor negociador que Kaz Brekker, a trapaça em pessoa e o dono do Clube do Corvo. Por isso, Kaz é contratado para liderar um assalto improvável e evitar que uma terrível droga caia em mãos erradas, o que poderia instaurar um caos devastador. Apenas dois desfechos são possíveis para esse roubo: uma morte dolorosa ou uma fortuna muito maior que todos os seus sonhos de riqueza. Apostando a própria vida, o dono do Clube do Corvo monta a sua equipe de elite para a missão: a espiã conhecida como Espectro; um fugitivo perito em explosivos e com um misterioso passado de privilégios; um atirador viciado em jogos de azar; uma grisha sangradora que está muito longe de casa; e um prisioneiro que quer se vingar do amor de sua vida. O destino do mundo está nas mãos de seis foras da lei – isso se eles sobreviverem uns aos outros.

Não seria nenhuma surpresa que ao voltar ao mundo Grisha iria sentir palpitações e expectativas altas por tudo que já li em Sombras e Ossos. Leigh Bardugo se tornou uma das minhas escritoras favoritas por seu jeito diferente de fazer crescer uma literatura fantástica. Com Six Of Crows não foi diferente.

24 de set de 2016

Resenha - Trono de Vidro

Livro: Trono de Vidro #1
Série: Trono de Vidro
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 392
Gênero: Fantasia
Sinopse: "Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo."

Tudo  aquilo que ouvi falar e li em Lâmina Assassina se fez presente no trajeto inicial da série Trono de Vidro. Sarah J. Maas fez uma protagonista inesquecível com um fundo fantástico perfeito. Se prepare para se apaixonar por nossa assassina.

19 de set de 2016

Resenha - Dama da Meia - Noite

Livro: Dama da Meia-Noite #1
Série: Os Artifícios das Trevas
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 574
Gênero: Fantasia/Romance
Sinopse: "Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadores de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data."

O que dizer de um livro que começa te puxando pela mão e quando você pensa está todo afundado nele? Estamos falando de Dama da Meia-Noite. Quando pensamos que tia Cassandra não podia melhorar, ela vem com um livro destruidor e muito melhor que qualquer antecessor seu. Estou com o coração na boca porque ainda não temos o próximo.

15 de set de 2016

[TAG] Livros Não Lidos

Assim como vocês, eu também adoro fazer TAG's por isso vamos de mais uma. Encontrei ela no blog Apaixonada por livros e consiste em responder as perguntas com livros que você não leu. Aliás acho que virei rainha de livros não lidos, porque Bienal chegou, aumentou o número de livros e a faculdade voltou, reduzindo o número de lidos por mês. Todavia, com a promessa de só comprar na Black Friday espero e muito reduzir essa quantidade. Vamos lá?

1. Livro não lido mais antigo da estante.


A Vidente da Hannah Howell. Confesso que tenho uma pequena vergonha de falar que ele está parado na estante desde 2013. Ele é categorizado dentro do meu gênero favorito, romance de época, porém sempre passa algum na frente. E nisso de passar na frente estou com ele há 4 anos.

12 de set de 2016

Resenha - Nunca Julgue Uma Dama pela Aparência

Livro: Nunca Julgue Uma Dama pela Aparência #4
Série: O Clube dos Canalhas 
Autora: Sarah Maclean
Editora: Gutenberg
Páginas: 320
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Duncan West, assim como todos os homens, enxerga apenas o que quer. Mas ele estava prestes a ver o que não queria. Para a aristocracia, Lady Georgiana é a pobre irmã de um duque, rejeitada pela família após ter sido arruinada no pior tipo de escândalo possível: uma mulher que fez escolhas infelizes ao entregar-se de corpo e alma para um rapaz que todos desconhecem. Mas a verdade é sempre muito mais chocante! Nos recônditos mais obscuros de Londres, Lady Georgiana é a mulher mais poderosa da Grã-Bretanha, a rainha do submundo londrino, e atende pelo nome de Chase, o lendário e temido fundador do cassino mais exclusivo da cidade, o Anjo Caído. Circulando disfarçada pelos corredores de seu império, Chase sabe dos piores segredos dos figurões da sociedade e tem todos os poderosos na palma de sua mão, mas durante anos os seus próprios mistérios nunca foram descobertos Até agora! Brilhante, inteligente e bonito como o pecado, o jornalista Duncan West está intrigado com a linda mulher que de alguma forma está ligada a um mundo de trevas e perdição. Ele sabe que Georgiana é muito mais do que parece e promete desvendar todos os seus segredos, expondo seu passado, ameaçando seu presente e arriscando tudo o que ela tem de mais precioso. Inclusive seu coração."

Termino mais uma série de época com a sensação que a autora fez o melhor que podia. O Clube dos Canalhas começou pra mim como uma decepção de personagens, mas que foi transformado em uma das melhores séries de época por também me fazer amar seus personagens. O Anjo Caído foi um antro de histórias e paixões.

8 de set de 2016

[TAG] Skoob


Trago hoje uma TAG que vi no Roendo Livros e que adorei pois sou utilizadora do Skoob, uma rede social para quem é fã de livros. Por isso resolvi respondê-la e espero que gostem. Está aberta para quem quiser fazer também.

1 de set de 2016

Resenha - Entre a Ruína e a Paixão

Livro: Entre a Ruína e a Paixão #3
Série: O Clube dos Canalhas
Autora: Sarah Maclean
Editora: Gutenberg
Páginas: 304
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois formam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre."

Temple tem um passado obscuro. Conhecido como Duque Assassino, ele é acusado de matar a futura esposa de seu pai, Mara Lowe. Após 12 anos sofrendo com esse destino, aceitando o que foi feito, tudo passa por uma reviravolta. Christopher Lowe está com uma dívida monstruosa no Anjo Caído, e para tentar salvar a fortuna dele, uma verdade vem a tona: Mara está viva e pode limpar o nome de Temple. Para isso acontecer, ela quer que ele perdoe a dívida do irmão. O que não esperavam, é que no meio do caminho sentimentos surgissem fazendo com que vingança e honra fossem colocados em jogo.

26 de ago de 2016

[TAG] Marcadores de Páginas

Para quem não sabe sou uma ávida colecionadora de marcadores. Tenho uma pasta para os especiais e os que mais gosto, minha estante é cheia de copos com marcadores e adoro trocar. Por isso nada mais oportuno que responder uma TAG de algo que eu gosto. Ela foi criada pelo Clube do Livro Letters.

Uma curiosidade para vocês, é que hoje eu tenho em média na minha coleção um 600 marcadores fora os repetidos, que as vezes guardo dois por causa de frente e verso, e os repetidos para as trocas. Dei uma parada porque está chegando Bienal e preciso colocar tudo em ordem para a quantidade que irá aparecer. Então vamos lá?

22 de ago de 2016

Resenha - A Escolha Perfeita do Coração

Livro: A Escolha Perfeita do Coração #3
Série: Batidas Perdidas
Autora: Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 154
Gênero: Romance/New Adult

Sinopse: "Continuação do sucesso As batidas perdidas do coração Viviane e Rafael enfrentaram uma montanha-russa de emoções em As batidas perdidas do coração, antes de finalmente se entenderem e conseguirem o que tanto queriam: ficar juntos para sempre. Agora, dois anos depois, esse recomeço está longe de ser tranquilo. Os fantasmas de Rafael o assombram, e Viviane, mais uma vez, precisa lutar para mostrar que ele mesmo é seu único inimigo. O que fazer quando a pessoa que você ama é uma força autodestrutiva? Como redimir alguém que não acredita ser digno de redenção? É possível amar a pessoa que mais te magoou? Até onde vale a pena lutar por um amor? Esta é a chance de Rafael e Viviane aprenderem que a mesma pessoa que pode partir seu coração em mil pedaços é capaz de juntar os estilhaços e fazer você se sentir inteiro outra vez."

Depois da pequena decepção que foi O Descompasso Infinito do Coração, eu tinha que voltar a história da Vivi e do Rafael para acreditar na escrita da autora. E não deu outra. Ao ler essa continuação rápida e curtinha, meu coração voltou a dar batidas pela Bianca Briones. Porque esses dois são mais que uma história comum, é uma história pra acreditar no amor.

18 de ago de 2016

Resenha - Ligeiramente Maliciosos

Livro: Ligeiramente Maliciosos #2
Série: Os Bedwyns
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Sinopse: "Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima. Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor. Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith. Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora? Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro."

Mary Balogh nos faz entrar na vida do Rannulf, o irmão do meio da família Bedwyn. Conheceremos seu lado menos fechado e mais amoroso. De uma pessoa contra casamentos, achando que não tinha sentido para a vida, vemos uma mudança para um homem que encontrou uma meta e junto o amor.